Espia os famosos que sofreram com perseguição e agressão na infância e conseguiram dar a volta por cima! 

1. Chris Rock, o carinha que mora logo ali!

Quem já assistiu a seria “todo mundo odeia o Chris” sabe que Chris Rock não teve uma infância fácil. Mas a verdade que a vida do comediante foi muito pior do que é retratada no programa:

– Aos 17 anos, tivemos que tirá-lo de lá (escola), senão ele seria morto – contou sua mãe, Rose Rock, ao site Fox News. 

Chris, igual como na seria de tv, teve uma infância muito pobre e sofria preconceito por ser negro. Porém, as cenas do show foram amenizadas para não chocar o telespectador, tendo em vista que era um programa de humor.

– Eu era o único negro na minha série na maior parte do tempo. E eu era pequeno também – disse Chris

O comediante usou suas tragédias para desenvolver o senso de humor e atualmente é considerado o quinto melhor humorista de todos os tempos pela Comedy Central, com reconhecimento mundial por seus trabalhos. É, o carinha que mora logo ali deu a volta por cima 🙂

2. kate winslet, a eterna Rose de Titanic

A estrela de um dos filmes mais amados do cinema, Kate Winslet, também não tinha uma vida feliz na escola:

– Eu sofri bullying na escola. Eles me chamavam de baleia. Tiravam sarro de mim porque eu queria atuar. Me trancaram no armário, riram de mim. Me disseram até que eu seria feliz atuando, mas só se aceitasse papel de meninas gordas. Senti que eu não era boa o suficiente. Eu não parecia certa… E tudo porque eu não me encaixava na noção de perfeição de alguém. Eu não tinha o corpo perfeito. Eu era muito escalada para papéis de crocodilo, espantalho, a fada malvada, eu até fui um sapo dançante uma vez. Mas eu não me importava. Eu ainda amava porque eu amo atuar. Não importava o quão grande ou pequeno os trabalhos eram. Eu queria ser grande e estava determinada em continuar aprendendo. Um dia, fui escalada para Titanic. A candidata mais improvável passou a atuar em um dos melhores filmes já feitos! Essa geração nova tem o poder de mudar o mundo. Você pode ser o que quiser, quando quiser. Pode fazer qualquer coisa. Acredite.

Kate já foi indicada seis vezes ao Oscar antes de ganhar o prêmio em 2009. E, além disso, mora no coração de todas as meninas que foram adolescentes em 1997 <3

– Sofri bullying por ser gordinha. Onde estão elas agora? – finalizou Kate.

3. Jessica Alba, a menina invísivel

Você acredita que essa doce menininha da foto acima sofreu bullying? Jéssica Alba conta como foram os dias de sua infância:

– Sofri muito bullying no colégio. Meu pai tinha que me levar para eu não ser atacada. Lanchava na sala das inspetoras para não ter que me sentar com as outras garotas. As pessoas me incomodavam o tempo todo porque eu era diferente e não me encaixava. Além de ser de mestiça de várias raças, meus pais não tinham dinheiro, então nunca tive roupas bonitas ou uma mochila legal. Eu não era rebelde, não ia fumar com as outras garotas ou saía à noite aos 13 anos.

Atualmente Jessica é uma atriz mundialmente conhecida. Ela atuou em filmes como Quarteto Fantástico, Sin City e Dark Angel.

– Todo mundo que sofre bullying deve perceber que conseguirá tomar conta de sua vida e vencer. Depende de você – disse a atriz

4. Michael Phelps, o mundo dá voltas

Michael sofria de déficit de atenção e chegou a ouvir de uma professor que seria um fracassado. Além disso, tinha que aguentar as chacotas dos colegas por, na visão deles, ser muito alto, desengonçado e ter orelhas grandes. Até a cabeça do nadador os colegas quase colocaram na privada.

-Quando eu volto ao lugar onde eu morava (em Baltimore), ainda vejo as mesmas pessoas que me enchiam. Elas ainda estão lá e, provavalmente, ainda agem da mesma maneira. Elas vão tentar falar comigo e fico pensando: ‘Por que você está falando comigo? Você me enchia o saco no passado – contou o nadador

Um exemplo disso foi logo depois que Phelps disputou sua primeira Olimpíada, em 2000, aos 15 anos. Um nadador mais velho de um outro clube em Maryland, que encheu Michael no passado, veio falar com ele.

-Ei, estou orgulhoso de você, parabéns- disse o menino.

-Eu acho que não te conheço – respondeu Phelps.

-Eu sou fulano, se lembra? – A mãe de Phelps relembra do menino falando. – Eu nadei no clube tal.

-Não – disse Phelps, -Eu não acho que te conheço..

Depois, a mãe de Phelps disse ao filho: -Você o conhecia, não?

Michael disse: -Ele não era bacana comigo quando eu era um nadador mais novo. Ele não será meu amigo agora só porque sou um atleta olímpico.

O nadador, nas Olimpíadas de Pequim, conquistou oito medalhas de ouro e bateu sete recordes mundiais

-Eu dou risada com isso agora”, disse Phelps. “Eu acho que me fez mais forte passar por tudo isso – disse o nadador

5. Fabiana Karla

A atriz também sofreu na infância com brincadeiras de mau gosto:

– Criança é bem cruel às vezes, não é? Quando pequena, em Recife, todos na escola me chamavam de todos aqueles apelidos já previsíveis que dão aos gordinhos. Eu já estava até acostumada e ficava magoada, é claro. Mas como eu sempre fui muito bem humorada, eu tantava levar tudo na brincadeira e fazia piada de mim mesma. Então, os colegas acabavam parando de implicar comigo. As pessoas viam que não me atingiam, que eu não ligava mesmo. Eu sempre me dava bem com a galera do fundão da classe. Me lembro que eu tocava na banda da escola e também fazia aulas de basquete, ou seja, era bem enturmada – contou Fabiana

Mas a atriz vem sofrendo com o que anda acontecendo com sua filha, Laura:

– Mas não é o mesmo que vinha acontecendo com minha filha Laura, de 12 anos, que sofreu bullying na escola. Ela também é gordinha. E, com isso, ela chegou a ponto de não querer mais estudar. Aí eu tive de intervir. Entrei no perfil de um site de relacionamento que ela usa e fiquei abismada com tudo que vi lá escrito por um menino da sala dela. Mas a Laura tem uma base familiar bem legal que a deixa segura. Levei o caso para a diretoria da escola com o objetivo que isso não prejudicasse o desenvolvimento cognitivo e auto-estima dela, o que acabou servindo de alerta também para própria escola.

6. Justin Timberlake nem sempre foi visto como galã

O ator e cantor era atormentado por conta de sua aparência e de seu interesse em artes:

– Eu cresci no Tennessee, e se você não jogasse futebol, você era um maricas. Eu era insultado o tempo todo porque estava envolvido com música e artes. Eu era um alvo de várias formas diferentes. Era atormentado o tempo todo. Tinha uma acne terrível e um cabelo estranho – contou Justin

Atualmente Justin é um sucesso em quase tudo que faz, tendo atuando em vários ramos: músico, ator, empresário, desenhista, compositor…ufa!!!

7. Gisele Bündchen

A top conta que sofria a perseguição dos colegas por conta dos dois diferenciais que a ajudaram na carreira: ser alta e magra. Entre os apelidos que recebeu estavam Saracura, Olívia Palito e Somaliana.

Davidson, um dos conterrâneos da top, conta a história do primeiro beijo de Bündchen, fruto de uma brincadeira cruel entre três amigos.

– Não consigo me lembrar se houve uma aposta de fato, mas com certeza era algo como um desafio. Alessandro [primeiro a beijar a modelo] nos disse que ele iria beijá-la, e todos nós queríamos ver se ele encarava de fato. Foi depois do aniversário dele, e todos nós andávamos para o centro da cidade. Com outro amigo, esperei enquanto via Alessandro acompanhar Gisele e lhe beijar algumas vezes. Lembro dele olhando em minha direção após ter conseguido, rindo, e me dar um sinal de positivo com as mãos.

Graziela Rodrigues, uma ex-companheira de time de vôlei, disse:

– Eles eram terríveis, não paravam de torturá-la, xingando de todos esses nomes.

O bullying sofrido na adolescência foi comentado pela própria top em uma publicação do The New York Times.

– Seus olhos são muito pequenos, o nariz é muito grande, você nunca estará na capa de uma revista –  disse ela lembrando do que diziam no passado. – Mas você sabe o que? O meu nariz grande estava indo com uma grande personalidade. Eu sempre soube que, mesmo eu não sendo a garota mais bonita, eu seria a mais enérgica e trabalhadora. E se você quer saber a verdade, essa é a razão do meu sucesso. – Contou Gisele


Gostou? Deixe um comentário abaixo! Sua opinião é muito importante para nós e possibilita a edição de assuntos voltados cada vez mais para os seus interesses.

Tags:

COMENTÁRIOS

O seu email não será publicado. Campos com * são obrigatórios ;)

* Pergunta anti-Spam,