No nosso mundão a fora cada pai têm seu próprio jeito de educar os filhos, mas todos eles têm uma coisa em comum: sempre querem o melhor para as crianças. Espia a forma curiosa que algumas culturas cuidam dos seus pequenos:

1. Pais mauritanos cOSPEM no rostos de seus filhos COM MUITO AMOR 


Para nós pode parecer um pouco nojento mas para o povo Wolof ,da Mauritânia, é um ato de carinho: eles acha que a saliva pode preservar palavras, então, cospem em seus recém-nascidos para fazer bênçãos. Mães geralmente cospem no rosto e os pais nos ouvidos de seus bebês e espalham a saliva em toda a sua cabeça, para garantir que eles vivam uma vida abençoada.

2. Noruegueses deixam seus filhos dormir fora em temperaturas inferiores a zero 

É comum os pais dos países nórdicos deixarem seus filhos em carrinhos fora dos restaurantes, mesmo em um dia frio de inverno, enquanto desfrutam de uma bebida quente ou um belo almoço. Mas não é por maldade, muito pelo contrário: acredita-se que o ar fresco e congelado os mantenha mais resistentes a doenças. Será?

3. Mães quenianas nunca olham nos olhos do bebê 

Mesmo que as mulheres Kisii, no Quênia, estejam super envolvidas com os filhos, elas desviam os olhos assim que seus bebês ficam animados. É sua maneira de ensinar uma criança a não procurar muita atenção.

4.  Os pais vietnamitas treinam seus filhos para fazer xixi DESDE CEDO 

Cada vez que crianças vietnamitas mostram sinais de vontade de fazer xixi, suas mães fazem um som de assobio especifico. Com nove meses de idade, as crianças já são capazes de relacionar esse som com o xixi e aprender a ir ao banheiro sozinhas.

5. Os pais maiaS banham seus bebês em água gelada 

Crianças maias geralmente ganham um mergulho refrescante na água super gelada antes de irem dormir. Mas tudo por uma boa causa: os pais fazem isso para protegê-los do calor escaldante e mantê-las em boa saúde.

6. Bebês finlandeses dormem em caixas de papelão 

Há 75 anos, todas as mulheres grávidas na Finlândia recebem um kit de maternidade do governo. O kit inclui uma caixa com roupas, lençóis e brinquedos, e a ideia é que a própria caixa seja usada como cama durante os primeiros meses de vida do bebê. É uma tradição com origem na década de 1930, desenvolvida para dar a todas as crianças na Finlândia um começo de vida igual, independente da classe social. 

7. Crianças japonesas comem DE tudo e nunca engordam 

Pais japoneses, assim como cantinas escolares, prestam muita atenção nas refeições diárias das crianças. Eles seguem uma dieta de pequenas porções com uma variedade de alimentos altamente nutritivos.

8. Crianças dinamarquesas penduram seus chupetas em uma árvore

Na Dinamarca, quando as crianças fazem três anos e deixam de chupar chupetas, deixam seus chupetas em um ramo de árvore especial para oferecer uma despedida final aos seus brinquedos calmantes.

9. Os bebês armênios escolhem suas profissões futuras BEEEEM CEDO

Como parte de um ritual, as mães armênias alinham um número de brinquedos na frente de seus bebês quando seus primeiros dentes aparecem. O primeiro item que eles mostram interesse vai, supostamente, prever suas futuras profissões. Um livro geralmente representa um estudioso, o dinheiro simboliza banqueiros e uma faca prevê que a criança vai se tornar um médico.

Mas o mais importante: tudo é feito por amor  

Fonte: Bright Side


Gostou? Deixe um comentário abaixo! Sua opinião é muito importante para nós e possibilita a edição de assuntos voltados cada vez mais para os seus interesses.

Tags:

COMENTÁRIOS

O seu email não será publicado. Campos com * são obrigatórios ;)

* Pergunta anti-Spam,