• Aqueles que falam de você na sua ausência, é porque respeitam a sua presença.

    Autor desconhecido

  • Há gente que, em vez de destruir, constrói; em lugar de invejar, presenteia; em vez de envenenar, embeleza; em lugar de dilacerar, reúne e agrega.

    Há gente que, em vez de destruir, constrói; em lugar de invejar, presenteia; em vez de envenenar, embeleza; em lugar de dilacerar, reúne e agrega.

    Há gente que, em vez de destruir, constrói; em lugar de invejar, presenteia; em vez de envenenar, embeleza; em lugar de dilacerar, reúne e agrega.

    Lya Luft

  • ... acho que a vida é um processo... É como subir uma montanha. Mesmo que no fim não se esteja tão forte fisicamente, a paisagem visualizada é melhor.

    ... acho que a vida é um processo... É como subir uma montanha. Mesmo que no fim não se esteja tão forte fisicamente, a paisagem visualizada é melhor.

    ... acho que a vida é um processo... É como subir uma montanha. Mesmo que no fim não se esteja tão forte fisicamente, a paisagem visualizada é melhor.

    Lya Luft

  • Eu sou essa gente que se dói inteira porque não vive só na superfície das coisas.

    Eu sou essa gente que se dói inteira porque não vive só na superfície das coisas.

    Eu sou essa gente que se dói inteira porque não vive só na superfície das coisas.

    Rachel de Queiroz

  • A gente nasce e morre só. E talvez por isso mesmo é que se precisa tanto de viver acompanhado.

    A gente nasce e morre só. E talvez por isso mesmo é que se precisa tanto de viver acompanhado.

    A gente nasce e morre só. E talvez por isso mesmo é que se precisa tanto de viver acompanhado.

    Rachel de Queiroz

  • Sou como o Vento - Passo. Mas não sem balançar as folhas.

    Sou como o Vento - Passo. Mas não sem balançar as folhas.

    Sou como o Vento - Passo. Mas não sem balançar as folhas.

    Rachel de Queiroz

  • A verdade mora no silêncio que existe em volta das palavras. Prestar atenção ao que não foi dito, ler as entrelinhas.

    A verdade mora no silêncio que existe em volta das palavras. Prestar atenção ao que não foi dito, ler as entrelinhas.

    A verdade mora no silêncio que existe em volta das palavras. Prestar atenção ao que não foi dito, ler as entrelinhas.

    Rubem Alves

  • Quem sabe que o tempo está fugindo descobre, subitamente, a beleza única do momento que nunca mais será?

    Quem sabe que o tempo está fugindo descobre, subitamente, a beleza única do momento que nunca mais será?

    Quem sabe que o tempo está fugindo descobre, subitamente, a beleza única do momento que nunca mais será?

    Rubem Alves

  • Nós não vemos o que vemos, nós vemos o que somos. Só veem as belezas do mundo, aqueles que têm belezas dentro de si.

    Nós não vemos o que vemos, nós vemos o que somos. Só veem as belezas do mundo, aqueles que têm belezas dentro de si.

    Nós não vemos o que vemos, nós vemos o que somos. Só veem as belezas do mundo, aqueles que têm belezas dentro de si.

    Rubem Alves

  • A vida não pode ser economizada para amanhã. Acontece sempre no presente.

    A vida não pode ser economizada para amanhã. Acontece sempre no presente.

    A vida não pode ser economizada para amanhã. Acontece sempre no presente.

    Rubem Alves

  • Não fale, não conte detalhes, não satisfaça a curiosidade alheia. A imaginação dos outros já é difamatória que chegue.

    Não fale, não conte detalhes, não satisfaça a curiosidade alheia. A imaginação dos outros já é difamatória que chegue.

    Não fale, não conte detalhes, não satisfaça a curiosidade alheia. A imaginação dos outros já é difamatória que chegue.

    Martha Medeiros
  • 9 FRASES SOBRE DEUS – PARTE 2

    confira nossa seleção

  • 4 crônicas de Luis Fernando Veríssimo

    confira nossa seleção