Depois de passar por vários momentos difíceis eu me atirei nos doces e engordei 7 kg em um mês! Sim meu amigo, engordar é literalmente “mamão com açúcar”, emagrecer que é difícil. Fora os quilinhos a mais eu me sentia pesada,  sem energia e todos os problemas me deixavam para baixo. A pá de cal foi após minha mãe alertar que eu estava “cheinha” (quando as mães usam eufemismos para descrever o peso é porque a coisa tá feia) então, decidi tomar uma atitude. Como já conhecia o trabalho do Dr. Lair, fui tentar seguir suas recomendações!

Atenção: o doutor é polêmico e minha intenção aqui não é convencer ninguém, cada um siga o que lhe parecer correto. Estou apenas contando a minha experiencia.

Então vi que o doutor Lair recomendava a ingestão de óleos de oliva, coco… maravilha! Nada como comer um waffle com aquele cafezinho entupido de óleo de coco, certo?

E assim engordei mas um 1kg kkkk…

Eu já havia ouvido o doutor desincentivar o consumo de carboidratos mas só me dei conta da “caca” que estava fazendo após, em um vídeo, ele ser categórico: Não faça a dieta da gordura consumindo carboidrato! Sim gente, não sou a próxima Albert Einstein da sociedade, estava me entupindo de óleo e carboidratos para ficar saudável.

Então, após reorganizar a rota, assisti quase todo o conteúdo dele na internet, radicalizei e listei tudo que eu poderia comer e não comer para ver se o negócio funcionava mesmo. Aqui vai a lista com os principais alimentos:

Sinal verde:

  • Óleo de coco e oliva
  • Ovos (principalmente a gema)
  • Frutas e legumes ( principalmente crus)
  • Sal de churrasco moído (tem mais minerais que o sal refinado e, de quebra, não é caro como o sal do himalaia)
  • Quinoa
  • Leguminosas: lentilha, feijão, ervilha…
  • Chocolate de verdade (nada de chocolate puro açúcar)
  • Arroz integral e batata doce
  • Água de coco
  • Se quiser pode consumir carnes e peixe (principalmente fígado)

Tchau:

  • Óleos vegetais hidrogenados
  • Açúcar
  • Sal refinado
  • Farinha, arroz branco e carboidratos vazios
  • Alimentos cheios de glúten (pão, bolo, cuca, sonho…hmmm)
  • Laticinios
  • Enlatados

Tem mais coisa aí. Se ficou curioso deixa uma mensagem que faço uma lista mais completa para você 😉

Incluí no meu sedentarismo uma hora de caminhada moderada (a organização mundial da saúde diz que se você caminha abaixo de 10 mil passos por dia, você é sedentário) e me organizei para pegar, ao menos, 15 minutos de sol todo o dia.

Como você deve imaginar não foi fácil, principalmente, cortar o glúten. Segundo o doutor somos viciados nessas delicias enfarinhadas e faz sentido. Nas minhas crises de abstinência eu via bolinhos e pães circundando minha cabeça. E, vamos combinar: esses canais de receitas que curtimos no facebook também não ajudam em nada kkkk. Mas esse desconforto acontecia somente antes de comer, pois, após forrar o estômago, a fome passava e a vontade ficava no passado.

Outra coisa que é difícil, no inicio: o Dr. não aconselha ficar enchendo a pança todo a hora, ele diz que é bom passar algum tempo sem comer. Um dos motivos é que nossos antepassados não comiam de 3 em 3 horas, muito pelo contrário: comiam sua caça e ficavam um tempo sem comer até descolar a próxima comida.

Então basicamente eu comia:

(importante – não estou recomendando dieta para ninguém, não sou nutricionista, só estou te contando minha “aventura dietética”)

CAFÉ DA MANHÃ

Quando não estava com fome tomava café com óleo de coco e só, mas, se a fome apertava, incluía ovos e bananas.

Almoço

Fonte da foto1 foto2

Aí eu metia o pé na jaca: ovos recheados (se quiser a receita deixa nos comentários 😉 ), salada de quinoa (tomate, cebola, alho, quinoa, azeite de oliva, sal, vinagre) outro legumes frescos, frutas frescas (abacate, maçã, laranja, mamão…as que estivessem a mão), batata doce ou arroz integral, feijão… pode até carne, se você quiser. E tudo que ia para panela só era cozido com óleo de coco. Também tomava chá verde após a comilança.

Lanche

Geralmente não comia lanche da tarde, só tomava água de coco natural, mas se a fome apertasse comia mexerica e, as vezes, uma pipoquinha (frita no óleo de coco)

Jantar

Fonte da foto

Guacamole, ovos recheados, ovos cozidos, sopa, ou omelete. Uma dessas opções + as frutas que estavam baratas na feira hahahaha.

E, antes de dormir, fazia suplementação de cloreto de magnésio. Também comecei a beber 8 copos de água por dia.

Ah, uma vez por semana (domingo) comia algo que não é pra comer, tipo um bolinho ou pizza, sem exagero.

Resultados:

A primeiras coisa que notei foi algo impressionante. Moro no sul e aqui faz bastante frio e, todo o inverno é a mesma coisa: meus dedos incham, coçam e doem. Já fui em tudo que é medico e nada resolveu. Comecei essa dieta em uma crise de mão do Shrek e, em uma semana meus dedos voltaram ao normal. Antes eu fugia do frio pois ele piorava a situação mas, agora, lavo louça na água congelante e fica tudo bem.

Me sinto mais disposta, posso trabalhar horas seguidas que tenho energia. E não fico pesada e com sono após as refeições.

Minha pele está mais bonita, firme, e meu cabelo hidratado.

E sim, perdi peso, ebaa!! 5 kg em um mês. Estou muito satisfeita: não passei fome, comi até me saciar em todas as refeições e emagreci. Que bruxaria é essa?

Fora que, no inicio, pensei: nossa, vou gastar mais comendo assim. Esses óleos são caros…Mas a verdade é que até economizei. Na minha dieta anterior eu comia mais e vivia comprando itens que também não são nada baratos: doces, queijo, comida pronta… Até o coco verde custa menos que um suco de caixinha…

Então, minha conclusão é: para mim funcionou e não paro mais. Nem tenho vontade de comer as coisas que eu comia antes, é impressionante como a gente reeduca o paladar.

Se você se interessou, converse com um profissional de sua confiança e veja se é viável para você 🙂

Quem é o Dr. Lair Ribeiro?

O polêmico Doutor é famoso por questionar diversas posições médicas atuais. Ele trabalhou em três universidades americanas (inclusive em Harvard) e foi vice presidente de uma das maiores industrias farmacêuticas do mundo, o grupo suíço Novartis. Conheça todo o currículo clicando aqui.

Vou deixar aqui em baixo um vídeo do Dr. Lair para quem ainda não o conhece 🙂


Gostou? Deixe um comentário abaixo! Sua opinião é muito importante para nós e possibilita a edição de assuntos voltados cada vez mais para os seus interesses.

Tags:

COMENTÁRIOS (59)
      1. Oi Gisa Lenz tudo bem! Me chamo Mara e me interessei muito pela dieta Hcg.Pooderia me dar uma orientação? Se puder me ajudar te agradeço de coração.

        1. Olá Luiza. Me chamo Rafael, sou farmacêutico e trabalho com a dieta HCG há 3 anos. Tenho ótimos resultados e satisfação garantida. Posso lhe auxiliar.

    1. Ele é charlatao sim, já tentei as dietas dele e nunca deu certo. Hoje em dia, porém, adoto uma dieta baseada em laticínios e vem dando certo.

  1. Eu tb parei de comer glúten, açúcar e doces. Minha dieta é de 40% carboidratos, 30% gordura e 30% proteína. Realmente a abstinência é dura no início, mas incentivo tb outras pessoas: nunca mais senti cólicas intestinais e inchaço, meu humor e disposição melhoraram, meu cabelo parou de cair. Minhas unhas e pele melhoraram . É incrível como a gente come veneno e a indústria de remédios vai lucrando. Hj faço meus bolinhos e pães, não como lactose tb. É um grupo de gente que está buscando saúde…..assim nossas células se renovam….mas não para aí, é preciso cuidar do Espírito, das emoções, da Meditação, dos pensamentos. Mas vale à pena, gosto de pertencer a esse grupo.

  2. Adorei!! Sigo os vídeos do Dr. Mais há algum tempo e sei que ele está certo em questionar a nós fazer pensar: por que não um desafio? Podemos nos reeducar e com saúde plena! Parabéns!

  3. Parem de querer receber as receitas do dr Lair. Vão atrás delas. A Internet está aí pra vc ser mais pro ativa.

    Essas receitas que vcs recebem de graça não prestam e te envenenam. Se quer algo melhor que isso, vá em busca.

  4. Eu também comecei a beber mais água de côco, usar óleo de côco, sal do Himalaia, açafrão, azeite de oliva extra virgem e comer mais frutas,legumes,verduras e ingerir cloreto de magnésio e adoçante de stevia e em sucos em geral nem açúcar eu coloco. Confesso que nos primeiros dias foi difícil porque eu sempre estava acostumado a comer arroz, macarrão e tudo que contém carboidratos. Me sinto melhor agora e vou continuar seguindo essas orientações porque sei que estou buscando uma qualidade melhor de vida é isso que importa pra mim!

  5. Oi. Legal sua experiência. Você disse que não come enlatados. A sardinha entra nessa lista? Dizem que a sardinha faz bem mas é um enlatado e aí??

    1. Oi Julio, tudo bem? Fico feliz que tenha gostado 🙂 O ideal seria comprar o peixe fresco. Forte Abraço!

  6. Dr. Lair Ribeiro é maravilhoso. Tenho fibromialgia e vou experimentar essa dieta . Obrigada por compartilhar a sua experiência.

  7. Adorei!!! E gostaria de saber mais informações…. Gostaria de uma lista mais completa dos alimentos que podemos consumir… Obrigada!!!!

  8. Olá, adorei sua postagem e sua experiência com a mudança de hábitos. Muito obrigada por ter compartilhado. Gostaria da lista completa de alimentos que mencionou. Desde já agradeço!

  9. Olá,
    Grata, gostaria de mais informações? Como você fez, ou o que usa para substituir o açúcar? Pode frutas desidratadas?

    1. Olá Maria, tudo bem? Não busquei nenhuma substituição, só cortei mesmo hehehe Acredito que o mais indicado para substituir o açúcar seriam as frutas secas (ameixa, uva passa…). E, mesmo assim, em pouca quantidade. Segundo o doutor a frutose em excesso também não faz muito bem 🙂 forte abraço

  10. Bom dia,

    Parabénssss
    Muito obrigada pelas orientações.
    Anotei o que podemos ou não ingerir.

  11. Olá, quero e preciso sim receber a dieta do Dr. Lair Ribeiro. Podes por favor meu enviar tudo que for possível, minha saúde agradece muito e expresso minha gratidão de amor pela sua disponibilidade. Nemastê

  12. Olá Pessoal, tudo bem? Fico muito feliz que tenham curtido o relato, fiz de coração. A todos que estão interessados na lista de alimentos: Como teve muita gente interessada, estou preparando uma publicação bem bacana, com a lista completa, detalhada e fontes organizadas para vocês. Eu aviso a todos pelos emails, deixados no cadastro dos comentários 🙂 Forte abraço!!!

O seu email não será publicado. Campos com * são obrigatórios ;)

* Pergunta anti-Spam,