Quem não conhece uma pessoa que parece ser a vítima do mundo: ela diz fazer tudo pelos outros e jura nunca ter más intenções. Mas, por mais incrível que pareça,  sempre tem gente com raiva dela. Tudo injustiça! Ela só quer fazer o bem e é mal interpretada. Coitada.

Cuidado com esse tipo de conversa: nós não vivemos na novela das 8h e as mocinhas/mocinhos não existem. Quando uma pessoa se pinta como eterna vítima há grandes chances dela estar distorcendo as situações e te manipulando.

Claro que é natural do ser humano ver as coisas pelo seu ponto de vista: a tendência é achar que o outro está errado. Todo mundo acredita estar certo e ninguém quer lidar com o fato de ter dado uma bola fora. Então é normal, ao contar uma história, nós olharmos mais para as ofensas recebidas do que as cometidas.

O alarme precisa ficar ligado quando a pessoa em questão está sempre apontando o dedo para a falha dos outros e nunca enxerga os próprios erros, afinal, todo mundo erra. Quem não entende isso pode ser:

1. Uma pessoa imatura emocionalmente, que se sente a dona da verdade;
2. Uma pessoa mal-intencionada e extremamente manipuladora.

Indiferente de qual seja o caso é bom ficar ligado: não permita que lágrimas e muita emoção o convençam, analise sempre os fatos.

Tente olhar a situação por todos os ângulos, também se coloque no lugar das outras pessoas da história e fique atento ao drama mexicano:

Ás vezes, aquela pessoa que te faz morrer de pena está apenas jogando você contra outras pessoas.

Fique atento a pessoa que:

1. Jura de pé junto só ter boas intenções mas, na prática,  suas atitudes não demonstram nada disso;

2. Quando pressionada, chora e faz chantagem emocional;

3. Sempre pinta seus desafetos como pessoas muito más;

4. Nunca admite que também erra com as outras pessoas;

5. Distorce fatos;

6. Não consegue ver as coisas pelo ângulo dos outro.


Gostou? Deixe um comentário abaixo! Sua opinião é muito importante para nós e possibilita a edição de assuntos voltados cada vez mais para os seus interesses.

Tags:

COMENTÁRIOS

O seu email não será publicado. Campos com * são obrigatórios ;)

* Pergunta anti-Spam,