próximo texto

  • Arthur Schopenhauer
    A amizade verdadeira e genuína

    Do mesmo modo que o papel-moeda circula no lugar da prata, também no mundo, no lugar da estima verdadeira e da amizade autêntica, circulam as suas demonstrações exteriores e os seus gestos imitados do modo mais natural possível. Por outro lado, poder-se-ia perguntar se há pessoas que de fato merecem essa estima e essa amizade. Em todo o caso, dou mais valor aos abanos de cauda de um cão leal do que a cem daquelas demonstrações de gestos.
    A amizade verdadeira e genuína pressupõe uma participação intensa, puramente objetiva e completamente desinteressada no ...
    CONTINUE LENDO...

  • Autor desconhecido
    Razão de viver

    Muitas pessoas erguem-se pela manhã acreditando não existir qualquer sentido para despertarem.
    Dormem sem nenhum objetivo e acordam do mesmo modo, transformando o dia a dia, em uma experiência insossa ou vazia. Vagam pelas ruas, sem destino certo, à mercê do que lhes aconteça no curso do dia. Levam uma vida sem direção, desvalorizando o tempo e a oportunidade de estarem reencarnados. Deixam-se levar pelos ventos do acaso. Não veem significado em família, em amigos, nem em trabalho. Quando se estabelece esse estado d’alma, a pessoa corre o ...
    CONTINUE LENDO...

  • Autor desconhecido
    O Barbeiro

    Um homem, como de costume foi ao barbeiro cortar o cabelo e fazer a barba. Como eram conhecidos, o barbeiro e o cliente, enquanto o serviço era executado, conversavam sobre diversos assuntos até que o barbeiro comentou:
    - Deus não existe! O cliente surpreso, perguntou: - Como é que é? Deus não existe? E o barbeiro argumentou: - Isso mesmo que você ouviu. Deus não existe! Vejo todos os dias na televisão crianças passando fome, vivendo na miséria, políticos roubando impunemente, inocentes morrendo de maneira bárbara e tantas outras coisas ...
    CONTINUE LENDO...

  • textos do Zen-Budismo
    Olhando da Maneira Correta

    Havia em uma aldeia uma senhora chamada de "mulher chorona" pois todos os dias, chovendo ou fazendo sol, ela sempre estava chorando. Ela vendia bolinhos na rua, e um monge sempre passava por ela quando ia ao templo para os ritos. Um dia, curioso, ele lhe perguntou:
    - Sempre que passo seja em belos dias ensolarados, seja em suaves dias chuvosos, vejo a senhora chorando. Por que isso acontece? - Tenho dois filhos, - ela respondeu - Um faz delicadas sandálias, o outro guarda-chuvas. Quando faz sol, penso que ninguém comprará os guarda-chuvas de meu filho, e ele e sua família vão ...
    CONTINUE LENDO...

  • Joanna de Ângelis
    Arte de Ouvir

    Onde quer que te encontres, de uma ou de outra forma, despertarás o interesse de alguém. Algumas pessoas poderão arrolar-te como antipático e até buscarão hostilizar-te. Outras se interessarão por saber quem és e o que fazes. Inúmeras, no entanto, te falarão, intentando um relacionamento fraterno. Cada qual sintonizará contigo dentro do campo emocional em que estagia. Como há carência de amigos e abundância de problemas, as criaturas andam a cata de quem as ouça, ansiando por encontrar compreensão. Em razão disso, todos falam, às vezes ... CONTINUE LENDO...

  • Zíbia Gasparetto
    A VIDA CONTINUA…

    Somos eternos! A morte é só uma mudança de estado. Depois dela, passamos a viver em outra dimensão. Porém, continuamos a ser os mesmos, com as mesmas ideias, afetos e sentimentos.
    Aquela mãe controladora que sempre dizia o que você deveria fazer, aquele marido ciumento e mandão, aquele parente que não apreciava você - todos eles estão lá, na outra dimensão, iguaizinhos como eles eram no mundo terreno. Se as leis que regem os diferentes planos de vida não fossem tão rigorosas, talvez eles continuassem a perturbar sua vida, mesmo depois de mortos. E embora alguns ...
    CONTINUE LENDO...

  • Silvana Duboc
    Navegue

    Navegue, descubra tesouros, mas não os tire do fundo do mar, o lugar deles é lá. Admire a lua, sonhe com ela, mas não queira trazê-la para a terra.
    Curta o sol, se deixe acariciar por ele, mas lembre-se que o seu calor é para todos. Sonhe com as estrelas, apenas sonhe, elas só podem brilhar no céu. Não tente deter o vento, ele precisa correr por toda parte, ele tem pressa de chegar sabe-se lá onde. Não apare a chuva, ela quer cair e molhar muitos rostos, não pode molhar só o seu. As lágrimas? Não as seque, elas precisam correr na ...
    CONTINUE LENDO...

  • Masaharu Taniguchi
    Preserve a paz de espirito

    É realmente uma tolice prejudicar o seu espírito, que é o que há de mais importante em você, lamentando as coisas que acontecem exteriormente. Aconteça o que acontecer no mundo exterior, nada disso pode prejudicar você, desde que você próprio não se deixe abalar com isso. Nós não podemos saber realmente o que acontece externamente; só podemos sentir o que se passa dentro de nossa mente. Embora possa parecer que conhecemos o que acontece fora de nós, na realidade só conhecemos as alterações ocorridas em nossa mente, em decorrência do que aconteceu fora. Por ... CONTINUE LENDO...

  • Autor desconhecido
    Arrume suas gavetas

    Uma vez li alguma coisa a respeito de uma garota que pedia para a sua avó a solução de um problema grave. A avó disse: "suba, arrume suas gavetas e após fazer isso você terá a solução". Experimentei perguntar para as pessoas mais velhas se realmente existe uma conexão e perguntei certa vez para a minha avó o que tinha a ver a gaveta com os problemas e ela muito sabiamente me falou que a gaveta desarrumada é o espelho da vida, então toda vez que você está com alguma coisa bagunçada, alguma área de sua vida manifesta bagunça. Toda vez que você está com alguma coisa ... CONTINUE LENDO...

  • Rabindranath Tagore
    Cântico da esperança

    Não peça eu nunca para me ver livre de perigos, mas coragem para afrontá-los. Não queira eu que se apaguem as minhas dores, mas que saiba dominá-las no meu coração. Não procure eu amigos no campo da batalha da vida, mas ter forças dentro de mim. Não deseje eu ansiosamente ser salvo, mas ter esperança para conquistar pacientemente a minha liberdade. Não seja eu tão covarde, Senhor, que deseje a tua misericórdia no meu triunfo, mas apertar a tua mão no meu fracasso! CONTINUE LENDO...