Reflexão

Após filho se comportar mal na escola, pai decide acompanhá-lo durante as aulas

Brad Howard é um garoto norte-americano de 17 anos bastante conversador que atrapalhava as aulas da escola por gostar de um bom papo. O professor de física de Brad já havia enviado diversas mensagens ao pai do garoto, Bradley, reclamando do mau comportamento.
O pai avisou ao filho que, caso ele continuasse se comportando mal nas aulas, ele faria uma visitinha especial ao garoto em sua classe na Rockwall-Heath High School. Brad não levou a sério as ameaças do pai e continuou com sua tagarelice habitual. 
‘Gosto de conversar muito, então meu professor continuou mandando e-mails para meu pai sobre isso’ explicou o garoto. 
Ele deveria ter dado ouvidos aos avisos de seu pai!
A mãe do menino disse ao marido que já era hora dele cumprir sua ameaça e então o homem foi escondido do filho até a escola. Brad demorou para perceber que seu pai realmente estava presente na sua sala de aula. ‘Não contamos nada a ele. Eu estava na sala de aula, sentado ao lado da cadeira dele, quando ele entrou. Ele não me viu a princípio. Então ele ficou chocado.” contou o pai do garoto.

‘Eu nem notei ele até depois de dizer oi para todos os meus amigos, mas fiquei super chocado ‘ declarou Brad.

Mas não foi só o filho que ficou desconfortável, o pai também se sentiu angustiado ao voltar para a escola. ‘Fiquei um pouco nervoso por estar lá entre os adolescentes. Mentalmente, eu não estava preparado para entrar em uma situação como essa’ explicou o homem.

O pai conseguiu o que desejava pois Brad disse que seu pai o envergonhou bastante depois que sua irmã, Molli, postou uma foto do que aconteceu no Twitter.

Fonte

Fonte

single.php
© 2012 - 2023 Refletir para Refletir.Todos os direitos reservados.