Reflexão

Bon Jovi já abriu 2 restaurantes onde pessoas carentes podem comer de graça

Bon Jovi é uma estrela mundial do rock, conhecido em todo o mundo por seu trabalho como músico. O que muitos fãs não sabem é que, além da banda, ele também criou um projeto social que ajuda muita gente.

O restaurante batizado de Soul Kitchen (Cozinha da alma em português) foi criado pelo músico e serve comidas para pessoas carentes: o menu do estabelecimento apresenta as comidas sem definir um preço. Os clientes com recurso pagam 20 dólares por refeição e, aqueles que não têm dinheiro para pagar, podem comer o que quiserem de graça e depois participar como voluntários na cozinha ou nos pomares onde cultivam os ingredientes. Assim, o restaurante pode alimentar ainda mais pessoas necessitadas.

E para quem pensa que, só por ser um projeto social, o local serve qualquer coisa se enganou: eles oferecem pratos de qualidade! O cardápio é composto por pratos como salada com hortelã, uvas, queijo feta e amêndoas em filetes com vinagrete de laranja, carne de porco com chutney de purê de batatas. Os ingredientes utilizados são todos orgânicos.

O restaurante já serviu 104.000 pratos e 51% das refeições servidas foram financiadas por doações, enquanto o restante foi financiado por meio de trabalho voluntário.

A iniciativa deu tão certo que já conta com duas filiais: a primeira na área de Red Bank (cidade natal do músico) e a a segunda perto do rio Toms, uma área afetada pelo furacão Sandy em 2012.

Parabéns Bon Jovi pela bonita iniciativa!

Fonte

single.php
© 2012 - 2023 Refletir para Refletir.Todos os direitos reservados.
Normal