Reflexão

Brasileira de 8 anos que atua em projeto da NASA descobre 7 asteroides

A imensidão do céu tem sido alvo de admiração de muitos ao longo da história. O enorme céu azul estrelado intriga curiosos, cientistas e até mesmo poetas.

Até onde vai o céu? Como será de perto uma estrela? Quantos planetas existem por aí?

Tais perguntas traçaram o destino da pequena Nicole, brasileira, alagoana, de apenas 8 anos. Nicole sempre se interessou por conhecer mais o universo.

Aos dois anos de idade, a menina gostava de deitar no chão somente para observar o céu, as nuvens, e principalmente, as estrelas.

Aos quatro anos de idade, Nicole escolheu renunciar sua festa de aniversário em troca de um telescópio. Assim, poderia observar de perto aquilo que tanto se interessava, que eram as estrelas e toda a grandeza do universo.

Após ganhar o telescópio, os pais de Nicole já desconfiavam que o seu interesse pelo espaço não era somente mera brincadeira de criança.

“A gente ficou surpreso e eu comecei a prestar mais atenção nas coisas a que ela assistia. Ela não via desenho animado, não gostava nem das bonecas. Os interesses dela sempre foram o universo, os planetas, as estrelas e ficar olhando para o céu“”, destaca Zilma, mãe de Nicole.

Assim, a pequena astrônoma, com o incentivo de seus pais, ingressou no programa Caça-asteroides, fruto de uma parceria da Nasa com o Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovações.

No programa, Nicole já identificou sete asteroides. Caso a sua descoberta seja aprovada pela NASA, a pequena menina poderá entrar para o Guinness Book, o livro dos recordes, como a mais jovem astrônoma a descobrir asteroides.

Além da sua participação no programa, Nicole também possui certificação em cerca de 30 cursos de astronomia. Dentre eles, destaca-se o curso de astronomia dirigido pelo Centro de Estudos Astronômicos de Alagoas (CEEAL), no qual ela afirma, com muito orgulho, que não faltou nenhuma aula sequer.

Nicole, desejosa de espalhar todo o conhecimento que tem adquirido, e de que outras crianças gostem do universo assim como ela, criou um canal no Youtube e uma página no Instagram, onde publica conteúdos interessantes acerca daquilo que estuda e observa.

“O meu maior sonho é que todas as crianças do mundo tenham acesso à ciência, tecnologia, astronomia e tudo que elas sonharem. E eu quero muito me formar em engenharia aérea espacial para construir foguete e levar as pessoas para o espaço”, sonha Nicole.

Já tão jovem, a menina inspira a todos com a sua persistência em fazer aquilo que realmente gosta e sonha.

Fontes:

G1

Awebic


 

Autora
Débora Barros Gonçalves

Comentários

* Pergunta anti-Spam,

O seu email não será publicado. Campos com * são obrigatórios ;)

single.php

Mensagens do Bem

Que tal se inscrever na nossa news e receber mensagens transformadoras em primeira mão, no seu email?

© 2019 Refletir para Refletir.Todos os direitos reservados.