Reflexão

Cão salvo de um matadouro na China agora ajuda a trazer alegria em terapia para crianças

Este simpático doguinho se chama Henry e mora na Irlanda com sua tutora Sharon Warnock, de 56 anos.

Hoje o pequeno poodle é muito amado mas a história deste bichinho já teve uma grande dose de sofrimento.

Na China, algumas pessoas consomem carne de cachorro e existem matadouros para abater os animais. Foi em um desses matadouros, em Xangai, que Henry parecia ter o seu destino selado.

Ele chegou bem perto da morte mas foi resgatado pela organização Slaughterhouse Survivors.

Infelizmente Henry ainda tem consequências dessa experiência . Ele está parcialmente paralisado devido a uma ruptura na coluna vertebral , o que significa que ele não consegue mover as patas traseiras e precisa de uma cadeira de rodas para se locomover.

Após saber de todo o sofrimento que o doguinho passou, Sharon entrou em contato com o abrigo na China e deu uma nova oportunidade ao cão.

Há dois anos, tutora e peludo moram juntos. No novo lar o catioro tem outras irmãos de 4 patas e parece nem lembrar mais dos dias tão difíceis de sua vida.

Atualmente o pequeno dog participa de um programa de terapia para crianças, e sua existência está somente envolvida em amar.

Fonte


Gostou? Deixe um comentário abaixo! Sua opinião é muito importante para nós e possibilita a edição de assuntos voltados cada vez mais para os seus interesses.

Tags:
single.php

Mensagens do Bem

Que tal se inscrever na nossa news e receber mensagens transformadoras em primeira mão, no seu email?

© 2019 Refletir para Refletir.Todos os direitos reservados.