Reflexão

Criança de 11 anos abandonada é protegida por um cachorrinho de rua

Rommel Quemenales, é  uma criança filipina  que precisaria ser cuidada e protegida por seus pais, deveria estar brincando com outras crianças e fazendo todas as coisas que as crianças fazem aos onze anos de idade, mas infelizmente,  a realidade para esse garotinho é  dura e  cruel, pois ele vive no mais completo  abandono, zanzando pelas ruas.

Na cidade onde mora, se comenta, que os pais se separaram e abandonaram o menino à própria sorte, sem o menor  auxílio financeiro. Rommel também não lembra que idade tem quando foi abandonado em uma das maiores cidades do mundo, Quezón City onde vive das poucas moedas que algumas pessoas lhe alcançam.

Desde que passou a viver na rua, ficou  responsável por sua segurança, alimentação, vestuário, etc….,, e sabemos que enfrentar o dia e, principalmente, à noite em uma cidade imensa é aterrorizante para qualquer adulto, o que dizer então, de uma criança frágil e indefesa.

O menino encontrou um cãozinho de rua e os dois se afeiçoaram um ao outro e agora são amigos inseparáveis. Andam por toda a parte juntos e o pequeno tem um amor incondicional pelo seu cão, carregando-o no colo e ensinando-lhe muitos truques. Também sabe que necessita providenciar alimento para o amigo de quatro patas e faz o melhor que pode dentro das condições paupérrimas em que vive.

Nesse quadro tão triste, uma fotógrafa que reside em Manila, chamada Maria Kabbs, percebeu o  menino andando sozinho pelas ruas, tendo por única companhia seu fiel cachorrinho e resolveu fotografá-lo e ao conversar com ele, emocionou-se com a história e iniciou uma campanha nas suas redes sociais para conseguir melhores condições de vida para a criança e seu único tesouro, o cachorrinho Badgi e,  para isso, publicou várias fotos e vídeos.

Após a divulgação do caso, muitas pessoas se manifestaram para auxiliar de alguma forma, e por fim, Rommel acabou conseguindo realizar parte do seu sonho que era retornar a sua cidade natal, Bulacan e estudar. A outra parte do sonho do menino  é o desejo de se tornar  ator.

Olhar para a carinha meiga de Rommel e saber que, apesar de tudo, ele não reclama de nada,  conserva a esperança e tem sonhos, é algo que emociona e toca fundo no coração.  De onde esse menino querido tira forças para levar em frente sua existência tão sofrida!

A fotógrafa Maria Kabbs, em uma de suas publicações pede que a história, as fotos e os vídeos de Rommil e de seu cachorrinho Badgi, sejam compartilhadas com o maior número de pessoas para que seja possível um resultado mais efetivo.

Fonte: Best of Web


 

Autora
Lourdes Grings

Comentários

* Pergunta anti-Spam,

O seu email não será publicado. Campos com * são obrigatórios ;)

single.php

Mensagens do Bem

Que tal se inscrever na nossa news e receber mensagens transformadoras em primeira mão, no seu email?

© 2019 Refletir para Refletir.Todos os direitos reservados.