Reflexão

Este casal se reencontrou após 55 anos e se casou em um lar de idosos

Sempre é tempo para amar!
Esta história parece enredo de filme: Os paulistas Antonia Leni Crepaldi e Paulino Dos Santos se apaixonaram quando eram dois jovenzinhos (ela tinha 15 anos e ele 16). Apesar de intenso, o romance juvenil acabou rapidamente como acontece com a maioria dos casais jovens.
Cada um seguiu sua vida e com o passar dos anos, encontraram outros companheiros e formaram família.
Cinquenta e cinco anos depois do breve romance, os dois pombinhos se encontraram em uma casa de repouso e Paulino imediatamente reconheceu o grande amor da sua juventude. Antônia demorou um pouco mais de tempo para lembrar do seu antigo “crush” mas bastou alguns meses para o amor de adolescência ressurgir nos corações do casal.
No dia 14 de fevereiro Paulino criou coragem e propôs a Antônio para os dois passarem o resto da vida juntos, como queijo e goiabada. Ela disse sim e a felicidade foi enorme no coração do noivo.
A organização para a celebração deste amor durou 9 meses e valeu a pena: familiares, amigos e funcionários da casa de repouso colaboraram para fazer uma festa linda e comemorar o amor. Veja as fotos da celebração:

Fonte

Comentários

* Pergunta anti-Spam,

O seu email não será publicado. Campos com * são obrigatórios ;)

single.php

Mensagens do Bem

Que tal se inscrever na nossa news e receber mensagens transformadoras em primeira mão, no seu email?

© 2019 Refletir para Refletir.Todos os direitos reservados.