Reflexão

Garota sobrevive a tempestade de neve abraçando cachorro de rua por 18 horas

Uma forte tempestade de neve tomou a cidade de Uglegorsk, na Rússia. Na cidade, a neve já cobria mais de meio metro do chão, tornando a visibilidade muito baixa. 

Em meio a um cenário como este, sair de casa não era uma boa ideia. Todos deveriam permanecer na segurança de seu lar, longe da tempestade e do frio extremo que estava sobre a cidade. 

Nesse cenário adverso, porém, uma doce menina de apenas 10 anos de idade enfrentou um dos maiores perigos que alguém poderia enfrentar naquela condição.

A menina, Vika Z, perdeu-se em meio a tempestade de neve. Sem tantas informações, soube-se somente que foi na escola onde tudo aconteceu. Sua mãe acionou a polícia por volta de 13h da tarde. 

Passaram-se horas, e a menina permanecia desaparecida. Parecia impossível encontrá-la em meio a tanta neve.

Porém, 18 horas depois, surgiu um indício de esperança.

Um morador local entrou em contato com a polícia, notificando que viu uma menina de aproximadamente 10 anos de idade brincando com um cachorro. 

Rapidamente, a equipe policial moveu-se para aquele local. A cena que encontraram foi simplesmente extraordinária. 

A menina estava abraçada a um grande cachorro de rua, e ambos estavam apoiados sobre um colchão abandonado. A cena trouxe muita comoção à equipe de policiais e de voluntários, que incansavelmente procuravam a menina. 

“Eu estava abraçando o cachorro fofo para me aquecer”, mencionou ela

Em seguida, a corajosa jovem foi movida para o hospital. Felizmente, a sua saúde não foi abalada. As suas roupas de inverno e o caloroso abraço do amigo canino mantiveram-na segura, longe de qualquer perigo!

“O fato de a menina ainda estar viva com esse clima é realmente um milagre. Nós a procuramos a noite toda, não se via nada, nossas mãos, mesmo com luvas, estavam tão frias que era difícil endireitar os dedos. De manhã, começamos a pensar que não a encontraríamos viva. Como você pode sobreviver a um pesadelo como esse lá fora?’’ disse um dos voluntários envolvidos na busca. 

“Vika Z ama muito os animais, ela costumava brincar com os cachorros locais o tempo todo. Ela foi alimentar esses cães depois da escola e foi pega na tempestade de neve e ventos fortes.’ informou Olesya Voznyuk, uma funcionária do Comitê de Investigação.

Agora há planos para homenagear o cachorro que salvou Vika – se eles conseguirem encontrá-lo.

O cão está desaparecido.

Certamente, esta doce criança lembrará com muito carinho do abraço que a protegeu do frio!

fonte 

fonte 2


 

Autora
Débora Barros Gonçalves

Comentários

* Pergunta anti-Spam,

O seu email não será publicado. Campos com * são obrigatórios ;)

single.php

Mensagens do Bem

Que tal se inscrever na nossa news e receber mensagens transformadoras em primeira mão, no seu email?

© 2019 Refletir para Refletir.Todos os direitos reservados.