Reflexão

Gata de rua apresenta os seus gatinhos à mulher que a alimentou por dias

Shea Prior, uma bondosa mulher, percebeu algo adorável em seu quintal. Uma gatinha tímida visitava a sua casa todos os dias. Porém, quando Shea se aproximava, a felina fugia rapidamente.

Após meses de tentativa de aproximação, Shea finalmente conseguiu conquistar essa gatinha tão meiga.

O animalzinho cedeu aos carinhos da mulher e aceitou a comida que ela lhe oferecia. Era o início de uma grande amizade.

Em um determinado dia, Shea percebeu algo. A gatinha era mamãe, pois estava produzindo leite.

“Eu estava acariciando-a e fui buscá-la e foi quando percebi que ela tinha leite e estava amamentando alguns bebês”, disse Prior.

De forma carinhosa, a mulher resolveu pedir à gata que ela lhe mostrasse seus pequenos filhotes:

“Comecei a dizer a ela para me mostrar seus bebês, e aposto que seus bebês eram muito fofos.”

Essa era a segurança que aquela mamãe gata precisava. Logo depois, a gatinha conduziu a mulher ao local onde estavam aqueles pequenos e lindos filhotes.

“Ela veio correndo até mim e esfregou minha perna enquanto fazia seu pequeno som de coaxar”, disse Prior. “Ela me levou para o meu galpão e eu olhei e vi um par de pequenas bolas de penugem olhando para mim’’

Os filhotes ficaram com muito medo ao ver a mulher, mas aos poucos foram se rendendo aos carinhos:

“Um dos pequenos cinzas foi super corajoso e veio até mim com seu rabo pontudo no ar e me deixou acariciá-lo imediatamente”, disse Prior.

“Finalmente, depois de cerca de 10 a 15 minutos, todos eles vieram até mim e me deixaram abraçá-los e acariciá-los.”

Shea Prior comprometeu-se a cuidar da gatinha. Além disso, mobilizou as redes sociais para que outros ajudassem aquela família felina:

“Estou adotando a mamãe gata para morar comigo e minhas outras duas meninas queridas! Todos os bebês encontrarão lares e serão adotados assim que a mãe concordar. Mas, por enquanto, todos estão indo muito bem”,

“Iniciei um  GoFundMe  para contas de veterinários para castrar a mãe e cuidar dos bebês.”

Mesmo muito empenhada em cuidar dos gatinhos, a mulher confessa que a sua condição financeira não está fácil.

“Fiquei desempregada por causa do coronavírus. Eu quero cuidar da mãe, mas não posso pagar agora. Qualquer coisa vai ajudar, e se sobrar alguma coisa depois das contas do veterinário, o resto será doado para o meu abrigo de animais local sem eutanásia”. Um ato de bondade como esse pode transformar toda a vida de um pequeno animal.

Certamente essa mamãe felina será muito grata pela amizade que criou.

Fonte: https://nation.com.mx/tecnologia/gata-callejera-muestra-gatitos-a-mujer-que-la-alimenta/


Autora
Débora Barros Gonçalves

single.php

Mensagens do Bem

Que tal se inscrever na nossa news e receber mensagens transformadoras em primeira mão, no seu email?

© 2019 Refletir para Refletir.Todos os direitos reservados.