Reflexão

Gorilla leva seu bebê para conhecer a mãe e recém-nascido do outro lado do vidro [Vídeo]

Colecionar lembranças e memórias é o que há de mais precioso na vida. Em Boston, uma família vivenciou uma experiência incrível, que certamente será lembrada com muito carinho.Emmelina e Michael Austin, um lindo casal, decidiram visitar o zoológico de Boston, cidade dos Estados Unidos. Para este passeio animado, não poderia faltar o querido filho destes jovens, Canyon, com apenas 1 mês de vida.

No zoológico, ao chegarem no habitat dos gorilas, algo emocionante aconteceu.

A bela paisagem do recinto fez com que o casal permanecesse no local por alguns minutos. A uma certa distância do vidro, estava Kiki, uma mãe gorila, a espiar o casal, como quem reconhece, mesmo de longe, as semelhanças que os uniam.

Mesmo distante, Emmelina pôde perceber o vínculo entre a mamãe primata e seu filhote, de apenas 7 meses, chamado Pablo.

Kiki, logo que percebeu que o casal tinha um pequeno bebê, aproximou-se deles.

De forma impressionante, a mamãe primata colocou o seu bebê muito próximo a Emmelina, e as duas ficaram a centímetros de distância, separadas apenas pelo vidro transparente.

“[Kiki] estava falando conosco com as mãos”

“Pablo até empurrou o rosto para o vidro em um ponto e eles o observaram, narizes se tocando, juntos. Minha esposa e eu estávamos com lágrimas nos olhos.” disse Michael, ao se recordar da cena.

Naquele momento, houve uma conexão além das palavras. Emmelina e a mamãe primata permaneceram juntas por um breve momento, como quem compartilhavam as alegrias da maternidade.

A natureza revelou-se de modo bondoso e singelo por meio desta gorila! Sem dúvida, esses minutos serão eternizados pela linda família Austin.

fonte


 

Autora
Débora Barros Gonçalves

Comentários

* Pergunta anti-Spam,

O seu email não será publicado. Campos com * são obrigatórios ;)

single.php

Mensagens do Bem

Que tal se inscrever na nossa news e receber mensagens transformadoras em primeira mão, no seu email?

© 2019 Refletir para Refletir.Todos os direitos reservados.