Reflexão

Honestidade recompensada: depois de devolver mais de R$ 12 mil, pedreiro humilde ganha emprego!

Tem um ditado popular brasileiro que diz “a ocasião faz o ladrão” mas o pedreiro argentino Saúl Jiménez provou que o fator determinante para um ladrão ou uma pessoa honesta é apenas o caráter!

Saúl é pai de quatro crianças e passava por uma situação financeira difícil, sem emprego fixo. O homem havia sido contratado para um trabalho temporário por Oscar Alberto Calvo para limpar e consertar uma empresa destruída por um incêndio.

Enquanto trabalhava o pedreiro encontrou sob os escombros da obra 250 mil pesos argentinos (equivalentes a mais de R$ 12 mil). Ninguém parecia saber que o dinheiro estava ali e seria fácil para Saúl pegar.

Mas, do ponto de vista moral, era impossível para ele pegar algo que não o pertencia. Ele devolveu o dinheiro ao seu chefe que ficou impressionado com o ato de honestidade do funcionário e compartilhou no facebook.

“Meus queridos amigos… Quero que vejam essa pessoa se chama Saul Jimenez… Encontrou dinheiro entre os destroços… Sem hesitação foi e me entregou… Alvear tem gente boa demais… Saudações a todos… ” escreveu Oscar.

O caso virou notícia e chegou nas autoridades locais. Então, Saúl foi convidado para trabalhar na Diretoria de Obras Públicas de Alvear, onde vive. O emprego é uma grande oportunidade para o homem pois é estável e com um bom salário.

Parabéns Saúl, graças ao seu bom caráter você conseguiu promover mais conforto para a sua família sem prejudicar ninguém.

Fonte

single.php
© 2012 - 2023 Refletir para Refletir.Todos os direitos reservados.
Normal