Reflexão

Jovem adota filha de sua melhor amiga para que ela não cresça sem pai

Raphael Porto, um jovem do Rio de Janeiro, decidiu assumir a paternidade de Ana Flor, linda menina de apenas 2 anos de idade. O fato causou comoção em muitos nas redes sociais, uma vez que o rapaz não é o pai biológico da menina.

Ana Flor é filha de Brunna, mãe solo, assim como muitas brasileiras. O pai da pequena deixou Brunna assim que nasceu, sendo totalmente irresponsável.

Dessa forma, Brunna tem cuidado muito bem da sua doce menina, que até então cresceria sem pai.

A mãe é melhor amiga de Amanda, que é namorada de Raphael. Os três amigos se encontravam com frequência, e Raphael sempre demonstrava um carinho enorme por Ana Flor. Até que um dia, surpreendentemente, Ana Flor chamou Raphael de pai, e não parou mais.

‘’Eu ia muito na casa da Brunna porque ela é muito amiga da Amanda, e brincava muito com a Ana Flor, porque sou apaixonado por crianças, até que um dia ela me chamou de papai espontaneamente. Ela me escolheu como seu pai.Tem sido um misto de responsabilidade e realização de um sonho, porque sempre quis ser pai e sempre disse que mais cedo ou mais tarde queria ter uma filha. Inicialmente tive aquele espanto misturado com medo, mas no dia seguinte já estava louco para vê-la!’’Declara o rapaz.

Raphael, então, decidiu firmar o compromisso com a menina. O rapaz se tornou pai de Ana Flor e ama a menina como se fosse verdadeiramente sua filha biológica.

Raphael é comprometido com a sua filha e tem se mostrado um pai, além de carinhoso, muito responsável.

Todo final de semana pai e filha se encontram para brincar no parque, e ao longo da semana, os dois fazem videochamadas para matar a saudade um do outro. Além disso, o rapaz já disse que vai assumir as despesas escolares de sua filha.

Ana Flor tem o melhor pai que poderia ter. O laço de amor entre pai e filha superou barreiras.

“É uma ligação tão forte, que é até difícil explicar”Disse Raphael.

A fim de esclarecer a história para seus amigos e conhecidos, Raphael postou nas redes sociais todo o processo de adoção da pequena Ana Flor. A postagem fez sucesso.

Houve sim críticas e preconceito em relação ao rapaz. Apesar disso, muitos elogiaram essa atitude tão nobre.

Raphael mostrou que tem um grande coração. Sem dúvida, Ana Flor vai crescer sabendo que é muito amada.

Por fim, Raphael declara de forma muito sábia:

“Pai é quem cria, quem dá amor, quem zela pela saúde e cuida, acima de tudo” Afirma Raphael.


 

Autora
Débora Barros Gonçalves

single.php

Mensagens do Bem

Que tal se inscrever na nossa news e receber mensagens transformadoras em primeira mão, no seu email?

© 2019 Refletir para Refletir.Todos os direitos reservados.