imagem-capa.php
Reflexão

Mulher cuida dos últimos Dias de vida de Cães doentes terminais abandonados

Por mais triste que seja a realidade, nossos amigos de 4 patas são apenas visitantes temporários em nossas vidas – no entanto, geralmente, somos parte fundamental de toda a história deles. E o mínimo que podemos fazer durante os últimos momentos de nossos animais de estimação é ficar com eles, certificando-se de que, quando chegar a hora, saibam que não eram apenas animais de estimação para nós – eles faziam parte da família.Dizer adeus a um cão é uma experiência dolorosa e infelizmente existem pessoas que fogem deste momento. Essa é apenas uma das razões pelas quais alguns animais velhos ou doentes terminais são abandonados. No entanto, como um raio de esperança, uma mulher está se certificando de que animais abandonados passem seus últimos dias vivendo com alegria e dignidade.

Nicola Coyle (não fotografada) é uma enfermeira aposentada que criou o The Grey Muzzle Canine Hospice para cuidar de cães abandonados, velhos ou com doenças terminais. Ela dirige a ação de sua própria casa em Mansfield, Inglaterra.

Nicola oferece aos cachorros casquinhas do McDonald’s e até os leva ao pub local para um bom jantar de bife. Normalmente ela tem no máximo dois cachorros por vez.

“Só os receberemos se o veterinário disser que [o cão] tem menos de seis meses de vida, por isso estamos nos concentrando em cuidados de fim de vida”, disse a ex-enfermeira em uma entrevista ao Metro . “Acho que o período mais longo que um cachorro sobreviveu foi cerca de um ano e o mais curto foi de cerca de duas semanas.”

E todo o cãozinho tem direito a uma festa de aniversario:

“Eu não sei quando são seus aniversários, então nos certificamos de dar uma festa de aniversário a todos”, diz Nicola. “Se eles estão bem o suficiente, nós os levamos para um dia à beira-mar, eles comem peixe, batatas fritas e sorvetes na praia.”

Nicola gasta cerca de £ 500 (aproximadamente R$2397) em cada um dos cães que ela cuida. Ela usa seu próprio dinheiro e tudo o que as pessoas doam para ela.

“Todos nós nos apegamos muito a eles, é muito intenso emocionalmente. Choramos e lamentamos por eles”, diz Nicola. “Precisamos ter intervalos entre eles.”

Só porque o destino de um cachorro foi selado não significa que deva ser abandonado. Muito pelo contrário – os últimos dias de suas vidas devem ser tão especiais quanto possível. E, graças a pessoas como Nicola, esses cães passam os últimos dias se sentindo importantes e amados antes de partirem.

Veja essas ricas carinhas:

Fonte


Gostou? Deixe um comentário abaixo! Sua opinião é muito importante para nós e possibilita a edição de assuntos voltados cada vez mais para os seus interesses.

Comentários

* Pergunta anti-Spam,

O seu email não será publicado. Campos com * são obrigatórios ;)

single.php

Mensagens do Bem

Que tal se inscrever na nossa news e receber mensagens transformadoras em primeira mão, no seu email?

  • Tenha um
    Bom Dia!
  • Tenha uma
    Boa Tarde!
  • Tenha uma
    Boa Noite!
© 2019 Refletir para Refletir.Todos os direitos reservados.