Reflexão

“Não é problema meu”: homem se recusou a trocar de lugar com mãe que queria ir com a filha

Nos últimos tempos estão ocorrendo diversos relatos dos passageiros de aviões revoltados, que recebem pedidos de pais para trocar de lugar nas aeronaves. As reclamações são dos passageiros que pagam a mais para sentarem na janela e se revoltam por sentirem uma pressão social para ceder o lugar.

Um caso compartilhado na rede social Reddit dividiu opiniões e gerou discussão sobre qual a atitude correta nesses casos. Em um vôo do Japão para o Reino Unido, um usuário anônimo relatou ter recebido o pedido de uma mãe para trocar de lugar e reagiu.

O homem estava sentado no assento com janela, a criança no assento do meio e a mãe na fileira logo atrás do assento do meio. Então, a mulher sugeriu a troca de assentos: ela queria viajar na janela e transferir o homem para o assento do meio.

“Ela me pediu – e apenas a mim – para trocar com ela para que ela pudesse sentar na janela (ao lado de sua filha) e eu ficaria no assento do meio uma fileira atrás”, escreveu o passageiro anônimo no Reddit.

O homem também explicou que a mulher poderia ter pedido para seus próprios conhecidos, mas preferiu pedir a ele.

“Pior é que estávamos cercados por outras pessoas de seu grupo de turismo que ela poderia ter pedido uma troca de três vias. Ou o operador turístico”, continuou o viajante. “audácia pedir apenas a mim e esperar uma troca inferior para a minha parte.”

Revoltado, a resposta do passageiro não agradou a mãe da criança: “Não é problema meu que vocês não reservaram juntas.”

As opiniões sobre qual é a conduta correta nesta situação se dividiram. Alguns usuários defenderam a mãe da criança.

“Claro, outra pessoa poderia se mover, mas de qualquer maneira alguém tem que se mover”, disse um deles, que também criticou o viajante por ficar irritado com “uma mãe tentando cuidar de seu próprio filho”.

Outro usuário atacou o homem fazendo insinuações tenebrosas “Por que você estava tão ansioso para se sentar ao lado da filhinha de um estranho?”

Porém, também tiveram diversas pessoas apoiando a atitude do homem e acusando a mãe de ser “desorganizada” e “folgada”.

“Eu apenas comecei a recusar completamente. A menos que seja para um upgrade”, escreveu o usuário. Outro acrescentou: “Estou farto do abuso das pessoas e parece elevado em aviões e ainda mais ultimamente.Eu não te conheço, geralmente não me importo com você além da compaixão humana razoável. E certamente não sou responsável por seu mau planejamento.”

E você, o que faria? Conte para a gente nos comentários!

Fonte

Fonte

© 2012 - 2023 Refletir para Refletir.Todos os direitos reservados.