Reflexão

Padre levou cachorrinho doente a missa para não deixá-lo sozinho e foi duramente criticado

Este padre foi muito elogiado por alguns e duramente criticado por outros.

O Padre Gerardo Zatarain Garcia da Paróquia de Todos los Santos, no México, precisava rezar a missa de domingo. Porém, o cão do sacerdote estava doente e ainda não havia se adaptado a nova casa.

O Padre decidiu rezar a missa com o doguinho no colo – o animal ficou tranquilo e se comportou de forma exemplar.

A devota Maria Nastenka estava presente na missa e achou muito fofa a atitude do Padre, então, tirou fotos e as compartilhou no Twitter. Ela comentou sobre a gentileza do sacerdote que decidiu cuidar do bichinho sem interromper seu eterno trabalho de amor.

A mulher não podia imaginar que, apesar de receber muitos comentários favoráveis, haveriam centenas de criticas (algumas até desrespeitosas).

“Como se esquecesse que foi celebrar a Santa Missa e não ao parque” comentou um dos usuários.

Após a polêmica ficar fora de controle, Maria decidiu deletar sua publicação.

O Padre precisou vir a público explicar que o cachorro estava doente e ficar sozinho, sem se adaptar a casa nova, faria o animal chorar todo o tempo e seu estado de saúde poderia piorar.

Apesar de toda a polêmica, a maioria das pessoas viu o ato do Padre como uma demonstração de compaixão e amor – compatíveis com os ensinamentos que ele transmite.

Fonte

single.php

Mensagens do Bem

Que tal se inscrever na nossa news e receber mensagens transformadoras em primeira mão, no seu email?

© 2019 Refletir para Refletir.Todos os direitos reservados.