Reflexão

Vendedora de picolé desabafa após ser ridicularizada e post viraliza nas redes sociais

Bruna Atanazio é uma jovem que mora em Lajes, no interior de São Paulo. A moça compartilhou em suas mídias sociais um relato onde conta que foi ridicularizada simplesmente por fazer seu trabalho honesto.
Bruna vende deliciosos picolés na praia e, em um dia normal de trabalho, duas jovens passaram por ela montadas em uma moto fazendo comentários depreciativos, tentando humilhá-la por estar – pasme- vendendo picolés. Este par de chatas viu no esforço alheio algo vergonhoso, o que é difícil de entender.
Bruna conta que no primeiro momento ficou chocada com a ação das duas desocupadas e pensou em voltar para casa. Mas como essa moça tem alma de guerreira, foi fazer seu trabalho de cabeça erguida.
“Seja vcs quem for gostaria de dizer que no fim do dia eu tinha meus $74 reais muito suado e honesto, sem precisar fazer qualquer tipo de coisa errada”, escreveu a vendedora de picolé.A jovem está orgulhosa de si e decidiu compartilhar esta situação por “orgulho de ser uma trabalhadora” e que não liga para a opiniões que diminuem seu trabalho. Bruna fez o maior sucesso na internet, servindo de exemplo para as pessoas.

Infelizmente esta não foi a primeira vez que a jovem passou por uma situação desse tipo. Mas porque Bruna deveria ter vergonha? De ser guerreira?

Veja o relato:

Fonte

single.php

Mensagens do Bem

Que tal se inscrever na nossa news e receber mensagens transformadoras em primeira mão, no seu email?

© 2019 Refletir para Refletir.Todos os direitos reservados.