Educar com certeza é o trabalho mais bonito do mundo mas também é o mais difícil!Para te dar uma mãozinha nessa tarefa de amor separamos os maiores erros, apontados em pesquisas, na educação da criançada. Leia e já comece hoje mesmo a aplicar as dicas! 

raw
1. GRITAR

No dia a dia sabemos que é quase impossível não gritar com os filhos: muitas vezes só assim a ordem retorna. Mas a ciência está dizendo que gritar com os pequenos não é a melhor forma de educar. Pesquisadores de duas universidades americanas, de Pittsburg e Michigan, avaliaram o comportamento de 1 mil famílias e chegaram a uma conclusão surpreendente: repreender os filhos com gritos e xingamentos pode trazer as mesmas consequências psicológicas de uma agressão física.

A pesquisa revelou que tanto as palmadas quanto os gritos e xingamentos podem causar depressão, ansiedade e baixa autoestima. A criança ainda tende a reproduzir o descontrole dos pais.

Nós, pais e mães, não podemos ser perfeitos mas dá pra contar até 10 e tentar diminuir a intensidade dos xingões pelo bem da criançada, não é verdade?

Fonte da pesquisa


2. AMEAÇAR E NÃO CUMPRIR

Sabe quando o seu filho toca o terror, você se irrita e dá um castigo exagerado mas se arrepende? Voltar atrás não é a melhor opção segundo psicólogo Caio Feijó: Isso faz com que os filhos percam o respeito pelos pais e na próxima vez que você o ameaçar ele não irá levar a sério.

A dica, se você exagerou no castigo, é propor uma negociação com a criança, por exemplo: Se ela deixou o quarto bagunçado e você decretou uma semana sem internet a alternativa é diminuir ou acabar o castigo, caso ela organize a bagunça. Assim, você diminui o tempo da repreensão sem perder a autoridade e ainda desenvolve na criança o diálogo e a capacidade de negociação. Melhor que isso só dois disso!

Fonte da pesquisa

3. IGNORAR OS INTERESSES DA CRIANÇA

Na hora de dar atenção para a criançada é importante sempre valorizar o interesse de cada um, buscando atividades que tenham a ver com o que o pequeno gosta de fazer.

Não adianta passar o tempo com qualquer coisa, só para constar, a interação precisa ter qualidade para se tornar uma boa lembrança no coração do seu filho. Se ele/ela gosta de jogar video game, por exemplo, por que não passar 20 minutinhos se aventurando nos controles? Ou ouvindo sobre os filmes de super herói que eles tanto amam?

As crianças vão se sentir importantes, valorizadas, e esses bons momentos ficarão marcados na memória

4. ESTIGMATIZAR

Se você ficar repetindo para seu filho que ele “faz tudo errado” o que está sendo gravado na mente dele?  As palavras que saem da boca dos pais tem muito valor para a criança, é neles que ela busca sua identidade. Quando você diz para uma criança: ‘Está vendo, você só faz coisa errada, você não consegue fazer nada direito’, faz com que a ela se sinta muito mal, muito inferior.

Os pequenos não aprontam suas artes só para nos irritar, assim como nós também fazem bobagens e sentem preguiça, raiva, desinteresse, descontrole…Então chame a atenção quando for preciso, eduque, mas não rotule ou crie uma visão negativa da criança.

Leu até aqui? Isso demonstra que você tem muito interesse no seu filho e com certeza está sendo uma pai ou mãe cada vez melhor, parabéns pelo belo trabalho 

Foto: Designed by teksomolika / Freepik


Gostou? Deixe um comentário abaixo! Sua opinião é muito importante para nós e possibilita a edição de assuntos voltados cada vez mais para os seus interesses.

Tags:

COMENTÁRIOS

O seu email não será publicado. Campos com * são obrigatórios ;)

* Pergunta anti-Spam,