Reflexão

3 frases que pessoas com alta inteligência emocional NUNCA dizem

Você dificilmente verá pessoas com alta inteligência emocional dizerem as frases abaixo. Isso não significa que elas nunca tenham dito estas palavras alguma vez na vida, apenas perceberam a pouca eficácia delas nos ouvidos das outras pessoas.
Mas, afinal, o que é essa tão falada “inteligência emocional”?
Nada mais é que a sua capacidade de gerenciar seus próprios sentimentos e comunica-los as outras pessoas de maneira eficaz. Ou seja: falar com as pessoas e obter um resultado produtivo, e não apenas agredir ou desabafar. Segundo o psicólogo americano Daniel Goleman, o controle das emoções é essencial para o desenvolvimento da inteligência de um indivíduo.
Então, quem sabe vale a pena riscar estas 3 frases do seu caderninho:

1. “A culpa é sua”

Quem não ama escutar essa frase? Acredito que ninguém, ou pelo menos nenhuma pessoa com um pouco de auto estima. Alguém pode pensar “se a culpa é de alguém, essa pessoa precisa assumir”. É verdade, e os políticos deveriam ser honestos, chocolate deveria ser saudável e alface tinha que ter opção sabor bacon.

Ser humano não é um ser racional que sente, e sim um ser emocional que pensa. A emoção sempre vem na frente da lógica. Nosso centro racional no cérebro se chama Cortex pré-frontal e nossa área emocional se chama sistema Límbico. Sabe qual das duas é maior? Qual responde mais rápido a estímulos? Se você pensou sistema límbico, acertou.

Sabendo disso, qual o objetivo de sair falando coisas que não funcionam? Isso também não é uma reação totalmente emocional? Sugiro que você risque a palavra “culpa” do seu dicionário, use algo mais produtivo como “responsabilidade” e veja como uma simples palavra faz toda a diferença.

2. “Eu mandei o fulano fazer”

Se amanhã o seu vizinho dissesse que já te mandou limpar a sua calçada, o que você teria vontade de responder para ele? Então, esse é o sentimento que despertamos nas pessoas ao sair distribuindo ordens.

Mesmo que você seja chefe se precisa “esfregar” na cara das pessoas que você tem autoridade, então, você não tem autoridade. Por exemplo, quem você respeitaria mais, um chefe que chegasse na sua mesa e disesse:

“Eu já te mandei fazer isso ontem, por que você não fez ainda?”

Ou outro que falasse:

“Preciso que você pare o que está fazendo e faça isso imediatamente”.

O primeiro exemplo está mais interessado em culpar e desabafar a sua raiva, enquanto o segundo comunica com objetividade o que ele precisa, sem se perder nos próprios sentimentos. 

3. “Você está errado”

É tão legal quando a gente está discutindo um ponto de vista com alguém e a pessoa discorda da gente, daí ela diz “você está totalmente errado por pensar assim”. Nossa, como a gente se sente bem, surge uma boa vontade em ouvir todo o ponto de vista da outra pessoa, não é mesmo?

Claro que não, só um doido ficaria contente com uma sabichão dono da verdade. O problema é que todos nós temos essa tendência. Afinal, quem estava certo na última discussão que você teve? Provavelmente você!

Ei, mas não se sinta mal, essa é a natureza humana. Eu, você e até Einstein deve ter se sentido assim em alguns assuntos. A questão é, controle suas emoções e comunique as coisas focando no resultado, em progresso. Discorde das pessoas de uma forma respeitosa, como você desejaria que as pessoas fizessem quando discordam de você. Fale para chegar a algum lugar produtivo, e com certeza, você chegará.


Gostou? Deixe um comentário abaixo! Sua opinião é muito importante para nós e possibilita a edição de assuntos voltados cada vez mais para os seus interesses.

Comentários

* Pergunta anti-Spam,

O seu email não será publicado. Campos com * são obrigatórios ;)

single.php

Mensagens do Bem

Que tal se inscrever na nossa news e receber mensagens transformadoras em primeira mão, no seu email?

© 2019 Refletir para Refletir.Todos os direitos reservados.