Reflexão

3 frases que tornam qualquer pessoa odiada

Tem coisas que fazemos de forma impulsiva, sem nem perceber, mas que torram a paciência de todo mundo (até a nossa, quando falam as mesmas coisas para a gente). Não são pecados mortais mas conquistam antipatia, mesmo com boas intenções.
Para melhorar a sua comunicação e se tornar mais persuasivo corte estas 3 frases do seu dia a dia:

1. “Olha como a minha vida é difícil, quando eu era criança meu pai não me comprou um churros e blá, blá, blá…”

Desfiar um rosário de lamentações para os amigos é uma das coisas mais chatas que alguém pode fazer. Primeiro porque todos tem problemas, traumas e dramas. Imagina se todo mundo ficasse se lamentando?

Segundo porque é um assunto chato, que não leva a lugar nenhum. Se lamentar não resolve os problemas, então, qual a vantagem de buscar a pena dos outros?

Com certeza as pessoas não tem a mesma empolgação para ouvir nossas mazelas do que nós em conta-las: basta lembrar como nos sentimos ouvindo as reclamações alheias.

2. “Se fosse na minha casa eu botava essa mesa assim, o armário assado, derrubava aquela parede….”

Conheço várias pessoas que amam chegar na casa dos outros e colocar defeito, discursar o que fariam, como mudariam tudo de lugar e todo mundo fica com aquela cara de “legal, mas quem te perguntou?”.

A pessoa pode até ter boa intenção mas ao fazer isso ela tá passando a impressão de que achou tudo uma grande porcaria. E quem gosta de ficar ouvindo alguém botar defeito nas próprias coisas? Se a casa está daquela forma é porque o proprietário gostou.

3. No teu lugar eu faria x, y e z

Esta frase já foi dita por todos nós pelo menos uma vez na vida e, meu Deus, como é chato quando somos nós que temos de ouvir esta ladainha. A verdade é que a maioria das pessoas são muito corajosas para discursar o que fariam no problema dos outros e, na maioria das vezes, nem fariam o que estão dizendo. Falam o que gostariam de fazer, não o que realmente fariam na mesma situação. E nada é mais frio do que dar a um amigo “conselhos” impensados, ruins.

Também é bom lembrar que as pessoas são diferentes. Uma pessoa mais agressiva se sente confortável com uma atitude bem diferente de uma pessoa mais suave. Se você quer ajudar os seus amigos, leve tudo isso em conta antes de aconselhar.


Gostou? Deixe um comentário abaixo! Sua opinião é muito importante para nós e possibilita a edição de assuntos voltados cada vez mais para os seus interesses.

Comentários (3)

* Pergunta anti-Spam,

O seu email não será publicado. Campos com * são obrigatórios ;)

single.php

Mensagens do Bem

Que tal se inscrever na nossa news e receber mensagens transformadoras em primeira mão, no seu email?

© 2019 Refletir para Refletir.Todos os direitos reservados.