Reflexão

3 truques psicológicos para ter uma autoconfiança poderosa

Mostrar uma imagem autoconfiante é um problema para muitas pessoas.

Afinal, essa habilidade é construída desde a infância, quando ainda nem conhecemos esta palavra e o seu impacto na nossa existência.

Como ela não é ensinada por nossos pais ou pela escola, temos muita dificuldade para manter a fé na vida adulta.

No entanto, ter uma autoconfiança poderosa é mais simples do que parece. Então para te ajudar seguem 3 dicas:

1)  Controle a direção das conversas

Ditar o tom e o ritmo de uma conversa através da sua voz e da linguagem corporal mostra que você tem domínio da situação e é seguro sobre si mesmo.

Uma vez escutei a seguinte frase “você tem que agir como um especialista mesmo que ainda não seja”.

Creio que essa ideia vai além do trabalho, funcionando para outros aspectos da vida, afinal, para ter credibilidade você precisa passar credibilidade e quem sofre muito com isso são as mães de primeira viagem.

Tenho uma amiga passando por essa experiência e ela me fala sobre os comentários indesejados que recebe, às vezes até de pessoas desconhecidas.

Para cortar os intrometidos, a minha amiga adotou uma tática. Com toda a calma do mundo ela diz: “Então você faz assim, que bom, mas eu crio o meu filho dessa forma”.

Deste modo você demonstra domínio sobre a situação e também indica que a sua opinião é a mais importante.

Mas caso não tenha uma resposta imediata, você pode (e deve) dar uma pausa para pensar em uma alternativa. É melhor diminuir o ritmo do que parecer nervoso ou desesperado.

Apenas pessoas confiantes lidam bem com os silêncios, agir desta forma reforça sua autoconfiança.

Porém, lembre-se: o objetivo não é dar uma resposta que impressiona, mas direcionar a conversa para um enfoque do seu interesse.

Mothers Day Mom GIF by 505 Games - Find & Share on GIPHY

Além dessa estratégia de manter a calma e falar com firmeza, outra dica para controlar uma conversa é estar despreocupado com acusações e recusar provocações.

Por exemplo, se alguém da sua casa começa a gritar com você por se esquecer de colocar a roupa no varal para secar, ao invés de você retrucar com um “Então faz você”, responder “Fique calmo, eu havia esquecido, mas muito obrigado por me lembrar, depois eu coloco”.

Desta forma você comunica que não é ok gritarem com você e, de quebra “desarma” a outra pessoa, invertendo a conversa a seu favor.

2) Acredite que vai ficar tudo bem

Tem um ditado assim “um pássaro que repousa numa árvore nunca teme que o galho quebre, porque a sua confiança não é no galho, mas nas suas próprias asas”.

Então para mostrar uma autoconfiança poderosa é importante ter em mente que mesmo quando algo ruim acontece, no final tudo vai ficar bem.

Pessoas que pensam dessa forma tem coragem de se arriscar e de expressar as suas opiniões.

Porém, construir essa mentalidade é algo que requer prática. Primeiro você deve estar preparado para todas as possibilidades, como receber uma resposta negativa.

Por exemplo, a Gisele Bündchen conta no seu livro Aprendizados, que recebeu muitos nãos no início da sua carreira, diziam para ela “seu nariz é muito grande e seus olhos são muito pequenos”.

A resposta dela era sensacional: “Tenho um nariz grande que vem com uma grande personalidade”. A frase foi sugestão do pai de Gisele.

Então, apoiada na sua família e confiando no seu talento, ela seguiu firme na carreira até se tornar uma das modelos mais bem-sucedidas no mundo.

Tudo isso sem precisar se encaixar no padrão da indústria.

3) Não tente convencer

Essa estratégia pode até parecer contraditória, mas ao insistir em convencer uma pessoa, além de parecer chato, você transmite insegurança nas suas decisões, delegando aos outros a responsabilidade sobre elas.

Persuasão não se trata de repetir argumentos até vencer o outro pelo cansaço.

Por exemplo, quem nunca ficou impaciente com os vendedores insistentes nas ruas, nas lojas e por ligações telefônicas? Eles insistem tanto que às vezes precisamos levantar o tom de voz ou dar uma resposta grosseira para sermos ouvidos.

Existem formas mais eficientes de tentar convencer outra pessoa, como focar em escutá-la e criar bons argumentos a partir disso.

Desta forma você consegue dialogar com os demais de maneira respeitosa e mostrar que está confiante no seu posicionamento.

Afinal, quando você sabe que está certo, não tem porque buscar desesperadamente a aprovação do outro. Você coloca seus pontos de vista com confiança, serenidade e humildade.

Porém, é importante lembrar que ter uma autoconfiança poderosa é muito diferente de ser arrogante ou prepotente.

A autoconfiança é uma ferramenta para facilitar a sua comunicação com as outras pessoas e não as tratar de forma inferior.

O que achou desses truques? Diga nos comentários abaixo, queremos ouvir a sua opinião.

Fontes:
5 Formas de Transmitir CONFIANÇA EXTREMA 

Como Ser Confiante em QUALQUER Situação

GERAR CONFIANÇA pela Linguagem Corporal

EDUCAR A AUTOCONFIANÇA E A AUTOESTIMA


 

Autora
Lúcia Pego dos Santos

Comentários (2)

  1. Cresci com muita timidez por causa da forma como fui criada, como se não tivesse importância. Ler muito me deu uma base para buscar saídas, descobri em 5 sessões da Análise Transacional lições de como ser segura. Foi um divisor de águas.

* Pergunta anti-Spam,

O seu email não será publicado. Campos com * são obrigatórios ;)

single.php

Mensagens do Bem

Que tal se inscrever na nossa news e receber mensagens transformadoras em primeira mão, no seu email?

© 2019 Refletir para Refletir.Todos os direitos reservados.