Reflexão

7 dicas espertas para economizar dinheiro sem fazer sacrifícios

Precisando de uma graninha extra para reformar a cozinha ou quer investir uns pilas em renda fixa? Então, saiba que você não precisa sofrer cortando as pequenas alegrias diárias. As 7 idéias abaixo não atrapalham sua vida mas evitam o desperdício de dinheiro, que é o pior tipo de gasto. É surpreendente a economia de ações simples e inteligentes.Espia 7 ações objetivas para fazer o dinheiro sobrar:

1.Renegocie seus serviços fixos

Todo mundo sabe que empresas de telefone e internet tem o péssimo hábito de cobrar uma exorbitância por serviços prestados. Mas você não precisa se submeter a pagar tudo quieto. Aqui em casa consegui baixar em 100 reais por mês apenas renegociando serviços.

A dica para virar o jogo é simples: Entre em contato com sua operadora de telefone e ameace ir para a concorrência. Depois é só desfrutar dos novos planos oferecidos, com valores mais baixos e com os mesmos serviços.

Outra dica: se você não utiliza o telefone fixo com ligações para celular cancele esta opção e mantenha um pacote apenas de fixo para fixo: Existem operadoras que oferecem ligações para telefones fixos de graça, junto com o pacote de internet. A pouco tempo descobri que minha operadora é uma destas operadoras.

Sabe como eu descobri que minha operadora tinha esta opção? Ligando e perguntando sobre os serviços oferecidos 😉 Você não perderá 20 minutos fazendo o mesmo.

2. Compre suprimentos em grande quantidade

Procure comprar suprimentos que você usa muito, em grande quantidade. Quer um exemplo?

Tenho 6 gatos (eu sei, uma loucura) e toda semana ia no mercado comprar ração para os bichanos, gastava 160 reais por mês nesta brincadeira felina.

Mas um dia me revoltei!

Buscando no tio Google outra opção descobri uma petshop que vende 10kg de ração (praticamente a quantidade que uso por mês) premium, de qualidade superior, por R$90. A empresa ainda entrega em casa (a entrega é de graça) e me envia um brinde em cada compra.

Resultado? Economizo R$70,00 por mês e ainda tenho animais mais saudáveis, consumindo uma ração de qualidade.

Mas atenção: Quando for comprar em grande quantidade confira na calculadora se realmente o fabricante está fornecendo desconto. Muitas vezes o preço é igual, fique de olho na malandragem.

3. Sempre que der faça comida em casa

Não adianta se iludir: comer fora é mais caro. Não existe almoço grátis e evidente que o restaurante irá cobrar pela mão de obra, aluguel do espaço, imposto, etc. Você pode comer fora por facilidade, prazer, mas nada de bom vem em enganar a si mesmo tentando se convencer de que está economizando dinheiro.

Sabendo disso, sempre que puder coma em casa.

4. Pague suas dívidas

As dívidas são uma das principais inimigas de quem desejar aprender como juntar dinheiro rápido. Afinal, para ter sucesso nesta missão, é preciso quitar todos os seus débitos (e os juros que acompanham eles). Comece priorizando as dívidas mais caras, como rotativo do cartão de crédito e cheque especial. Uma alternativa é recorrer a um empréstimo consignado, que cobra juros mais baixos, para quitar as dívidas mais caras.

5. Veja quais mercados da região tem os melhores preços em determinados produtos

Na busca por economia fácil descobri que cada mercado da minha região consegue preços mais baratos em determinados tipos de produtos, provavelmente por terem fornecedores diferentes. Na hora das compras divido os itens que comprarei por 3 estabelecimentos:

Itens mais caros ou de grandes marcas compro em um mercado elitizado pois os preços são mais baixos. Já a feira, faço em outros 2 estabelecimentos menores.

Como descobrir aonde estão as promoções da sua região: Apenas fique de olho nas promoções de cada rede e analise o padrão. Os descontos costumam ser no hortifruti? no açougue? nos produtos de limpeza?

6. Mude para um banco sem taxas mensais

Hoje em dia existem 2 ótimos bancos sem taxas predadoras e linhas miúdas: o Nubank e o Banco Inter. Eu economizei R$45,00 apenas mudando de banco.

E saiba que não estou ganhando nada destes bancos para menciona-los, apenas indico porque realmente uso os 2 e gosto dos serviços.

7. Pague o cartão de crédito em dia

O cartão de crédito é uma boa forma de pagamento mas precisa ser usado com consciência: Sempre pague a fatura do cartão em dia, esta é a única forma que vale a pena ter o cartão de crédito.

As taxas pelo atraso no pagamentos da fatura do cartão estão entre as maiores do mundo.

E no momento em que você começa a ter dificuldades para pagar o mínimo e atrasa os pagamentos, não só a sua dívida cresce mais rapidamente, como o seu perfil de risco piora, o que pode levar o banco emissor do cartão a rever os juros do seu cartão.


Gostou? Deixe um comentário abaixo! Sua opinião é muito importante para nós e possibilita a edição de assuntos voltados cada vez mais para os seus interesses.

Tags:

Comentários

* Pergunta anti-Spam,

O seu email não será publicado. Campos com * são obrigatórios ;)

single.php

Mensagens do Bem

Que tal se inscrever na nossa news e receber mensagens transformadoras em primeira mão, no seu email?

© 2019 Refletir para Refletir.Todos os direitos reservados.