Reflexão

Teoria da Personalidade do Freud – ID, Ego e Superego

Você já ouviu falar na Teoria da Personalidade do Freud (pai da psicanálise)? Segundo esta teoria a psique humana se “divide” em 3 instâncias: ID, Ego e Superego. Pode parecer algo chato e difícil de entender mas é um conceito bem simples na verdade, olha só:

O ID é seu lado animal, selvagem (hmmmm), seus desejos mais profundos. Para o ID não tem certo e errado, ele quer e quer agora. É aquela vontade louca de dar um tapa na cara da sua vizinha fofoqueira.

O Superego não é um super herói narcisista: O Superego são os limites sociais ensinados pelos seus pais e sociedade, a autocensura. É aquela voz na sua cabeça que diz “tá doido, doido? Não podemos dar na cara dessa desgraça”. Ele também faria você se sentir culpado, envergonhado, se desse na cara da sua vizinha fofoqueira.

O Ego é o seu lado racional, ele cria uma ponte entre o ID e o SUPEREGO, negociando com ambos. É o que poderia te fazer pensar: “Não vou dar na cara dela, mas vou contar a verdade para as pessoas e mostrar que ela é uma mentirosa”.

Estas 3 influencias impactam nas “vozes” que vivem na sua cabeça e fazem parte do seu dialogo interno. Que voz? Essa que está agora mesmo ponderando tudo o que você está lendo neste texto.

E é por causa disso que vivemos em eterno conflito, porque essas 3 desgraças raramente concordam uma com a outra. Nunca estes 3 lados da nossa psique ficam 100% felizes. Aliás, a psicanálise acredita que os distúrbios psicológicos nascem dos conflitos que existem entre essas estruturas.

Tá, e aí: Como organizar esse parquinho?

Algumas pessoas vão ser mais ID, outras mais superego maaaas entenda que não existe escolha perfeita. Por isso que muitos planejamentos dão errado: as pessoas idealizam o futuro, desconsiderando completamente o ID, seus impulsos e desejos do dia a dia. E sim, alguns impulsos precisam ser atendidos.

Se focar demais no superego é triste, você abrirá mão dos prazeres, viverá somente de “amanhãs”, reprimido, e mais cedo o mais tarde irá “explodir” com tanta pressão. Eu já vivi próximo disso e tive sérios problemas psicológicos.

Se focar muito no ID também é triste, é viver só de “hoje” e não construir projetos de longo prazo. É negligenciar o futuro e viver abaixo das próprias capacidades.

E aí?

O mais adequado é encontrar, junto com o ego, um equilíbrio. Buscar escolhas que negociem bem com todas as necessidades, atendendo todo mundo mas sem ceder completamente. Tipo uma mãe faz para conciliar as necessidades dos filhos, atende a todos mas nenhum deles fica plenamente satisfeito.

Então, vamos a um exemplo prático:

Suponhamos que amanhã você irá começar aquela dieta que está adiando. Daí você pensa “mas como diabos vou abrir mão de doces?”. O superego aconselha “nós não precisamos de doces, nunca mais vamos comer doces. Cade a força de vontade? Vamos ser fitness”. Já o ID diz “Tá bom, nós concordamos, mas como nunca mais vamos comer doces não faz mal comer apenas um docinho agora…só de despedida”.

Sabe o que isso significa? Que o seu ID está te “manipulando”, ele quer doces e quer agora.

Mas o seu Superego também está sendo um pentelho, ele está simplesmente ignorando os seus desejos primitivos e te pressionando a um ideal inatingível.

Se o seu ego não estiver consciente dessas armadilhas e não colocar ordem na bagunça é provável que essa dieta morra nas primeiras semanas. As estratégias para conseguir conquistar o que deseja em casos como esses seriam:

  1. Pensar em coisas saudáveis porém gostosas para fazer na sua dieta e contentar o ID e o Superego.
  2. Estipular uma data para comer seu doce mais amado e fazer seu ID feliz e faceiro.
  3. Pensar em recompensas ao chegar no seu objetivo.

Se você conseguir entender melhor o funcionamento da sua mente e usa-lá a seu favor, mais nada ficará no caminho dos seus objetivos 🙂


Gostou? Deixe um comentário abaixo! Sua opinião é muito importante para nós e possibilita a edição de assuntos voltados cada vez mais para os seus interesses.

Comentários

* Pergunta anti-Spam,

O seu email não será publicado. Campos com * são obrigatórios ;)

single.php

Mensagens do Bem

Que tal se inscrever na nossa news e receber mensagens transformadoras em primeira mão, no seu email?

© 2019 Refletir para Refletir.Todos os direitos reservados.