A gente se esforça pra ser gentil mas, ás vezes, ofende o outro sem querer, por um detalhe! E como seres emocionais, não somos muito lógicos na hora de “subir nas tamancas”. Pra evitar mal entendidos, cuidado com esses gestos irritantes:

Trocar ou errar nomeS

A gente nem percebe mas isso é muito irritante: Errar o nome de uma pessoa é como dar um chute no ego dela. Afinal o nome é, para ela, a palavra mais importante do mundo! Ele destaca a singularidade, tornado ela única. Quando você erra o nome de alguém parece que você não deu a mínima para aquela pessoa ou está tentando tirar ela do sério.

Aliás, essa é uma das primeiras lições que um político aprende: Lembrar do nome de um eleitor é conquista-lo. Esquecer, é perdê-lo. Já notou como eles sempre chamam todo mundo pelo nome?

Comece uma amizade sempre com o pé direito:  Preste a atenção no nome das pessoas. Não custa e te deixa mais bonito. Encare como uma mini gentileza 🙂

Interromper

Gente do céu, tem algo mais irritante do que você lá, contando uma história todo empolgado e, de repente, alguém te dá uma cortada e muda de assunto?

Porque irrita tanto:

Demonstra que o seu ouvinte achou que seu assunto não estava lá tão interessante para receber atenção. É como se a outra pessoa desse uma banana pra sua auto estima.

Então, se você não quer irritar as pessoas, procure  não interromper e dê importância para o assunto dos outros também. Gosto muito dessa frase, vê se você também gosta: Estamos interessados nos outros, quando eles se interessam por nós. E vice versa 😉

DAR ORDENS

Quer ser uma pessoa gentil? Então, risque o verbo “mandar” do seu vocabulário quando se tratar de favores. Mesmo se você for chefe. Você pode pedir, solicitar e até determinar mas, mandar, é irritante e a gente só aceita ser mandado, numa boa, por nossas mães. Para falar a verdade, até quando elas mandam é um pouco irritante…

Ninguém gosta de ser mandado: ataca o ego. Como disse a famosa e poderosa Dama de Ferro, Margaret Thatcher: Estar no poder é como ser uma dama. Se tiver que lembrar às pessoas que você é, você não é.

Se você tem poder sobre alguém, seja humilde. Senão, pior ainda você sair se sentindo o rei da cocada preta dando ordens por aí. 

Pra guardar no coração:

“Passarei por este caminho um só vez; por isso, se existe qualquer bem ou qualquer gesto de bondade que eu possa fazer em benefício do ser humano, que eu faça já. Que eu não negligencie, pois por aqui jamais passarei”


Gostou? Deixe um comentário abaixo! Sua opinião é muito importante para nós e possibilita a edição de assuntos voltados cada vez mais para os seus interesses.

Tags:

COMENTÁRIOS (3)
  1. Muito verdadiro o texto, meu nome e minha identidade! Experimento muito isso: a troca de meu nome. Que coisa mais chata, voce receber uma carta, com o assunto pra voce e o nome de outra pesoa. Isso ja aconteceu comigo.

O seu email não será publicado. Campos com * são obrigatórios ;)

* Pergunta anti-Spam,