imagem-capa.php

Sabe a casquinha dos alimentos torrados? Estudo indica que ela traz risco à saúde, entenda

O médico, escritor e palestrante Victor Sorrentino  se tornou referencia quando o assunto é alimentação natural.
O médico, escritor e palestrante Victor Sorrentino  se tornou referencia quando o assunto é alimentação natural.

Victor vem fazendo muito sucesso na internet, principalmente no facebook, onde ele compartilha dicas e orientações de um jeito didático.Em publicação recente o médico compartilhou uma explicação sobre as frituras e alimentos torrados, alertando para o potencial cancerígeno neste tipo de preparo. 

Confira abaixo o texto do médico:Questão muito interessante levantada no Grupo Exclusivo para Alunos de meu curso SEGREDOS PARA UMA VIDA LONGA, aqui no Facebook, e que merecia um post para que seja de conhecimento de todos!

“O grande problema da batata frita, é só a forma com que ela é feita? Se utilizar um eletrodoméstico próprio que não utiliza óleo, posso comer à vontade?”

Não é bem assim.

É claro que a indústria realiza todo um marketing ao redor de seus novos produtos, e deseja que sejam vendidos!

O fato de não se utilizar óleo comum no preparo dos alimentos é claro que significa um ganho, mas infelizmente no caso da batata frita o problema e os riscos para a saúde continuam presentes.

Não só da batata, mas de qualquer alimento frito ou cozido em excesso (principalmente os ricos em amido).

Quando expostos à temperaturas elevadas (acima de 120º) ou quando se cozinha um alimento por muito tempo, ocorre a formação de um composto chamado ACRILAMIDA, substância cancerígena.

Sabe a casquinha crocante das frituras, aquela cor mais escura do pão na chapa ou o “torrado” da carne bem passada? Repleto de acrilamida!

Testes já relacionaram o consumo de acrilamida com quadros de alterações neurológicas, alterações nervosas e cânceres de mama e na região ocular dos indivíduos monitorados. (leia sobre o estudo aqui http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.2903/j.efsa.2011.2133/abstract).

Portanto, o modo de preparo dos alimentos é também um ponto a se levar em consideração quando se opta por hábitos que tragam mais saúde.

“Mas dotô quer dizer então que não posso mais comer minha carne bem passada que tem acrilamida, não posso comer mais meu pão na chapa porque tem acrilamida, não posso mais comer batata frita sem óleo por que tem acrilamida….”

Vejam bem: eu nunca vou dizer que você DEVE ou NÃO DEVE consumir algo. Simplesmente coloco aqui à disposição de todos informações que acredito que deveriam ser de conhecimento geral.

Fato é que a acrilamida, conforme estudos e análises, pode levar à quadros de câncer e outras complicações. Fato é também que ao consumir alimentos demasiado cozidos ou frituras, estamos ingerindo tal substância.

A partir daí, fica a critério de cada um fazer o que considerar melhor para si!

A culinária é um dos prazeres da vida, sem dúvidas, e é absolutamente possível alcançar uma vida saudável e desfrutar de certos alimentos desde que sejam exceções à uma rotina equilibrada.

Existe uma grande troca de informações preciosas e úteis ocorrendo dentro do grupo dos alunos, aqui no Facebook, além de Lives exclusivas que realizo por lá.


Gostou? Deixe um comentário abaixo! Sua opinião é muito importante para nós e possibilita a edição de assuntos voltados cada vez mais para os seus interesses.

single.php
  • Sigam-me os bons!