Reflexão

3 truques psicológicos para se manter frio sob pressão

Quando chegam os problemas é um Deus nos acuda: a maioria das pessoas ficam nervosas, colocam a culpa nos outros, esbravejam e arrancam os cabelos. Se você quer ser aquela pessoa que fica na canto da sala com a tranquilidade no olhar de quem não se abala e tem a frieza para organizar o caos espia as 3 dicas abaixo:

1. Relaxe os músculos e mantenha a cabeça ereta

Quando ficamos nervosos é natural enrijecer os músculos do corpo. Esta resposta natural do organismo acontece porque nossos antepassados, em situações de estresse, tinham que decidir entre lutar ou correr e o corpo se prepara para isso.

Bom, a vida selvagem é passado para os humanos e hoje em dia a batalha é mais mental. Esta reação do corpo não é mais útil. Para controlar esse estimulo, relaxe todos os músculos e simplesmente deixe a tensão fluir por dentro do seu corpo, não lute contra isso. Assim, a energia do estresse passará e você voltará a calma.

Também é importante manter a cabeça ereta. Ao olhar para frente você manda ao cérebro um estímulo de segurança, o que aumenta a sensação de auto confiança.

2. Foque no que você quer

Esqueça os outros, não pense no que as pessoas estão pensando. Pare de tentar se observar e julgar pelos olhos dos outros. Também não foque no problema, no medo do fracasso. Foque apenas na solução.

Entenda: Tudo o que você foca expande. Se você colocar todo o seu cérebro, uma máquina potente, somente para pensar na solução você a achará. E estará tão envolvido resolvendo o problema que não terá tempo de ficar nervoso.

3. Entenda a sua natureza

Antes de mais nada: Você sabe o que são temperamentos? Basicamente foi uma teoria desenvolvida na Grécia antiga por Hipócrates (pai da medicina) que define os temperamentos como um conjunto de características que, aliadas a fatores externos (experiências vividas, ambiente, cultura, educação, etc) definem nossa personalidade e comportamento. Já escrevi sobre este assunto aqui no site, se quiser entender melhor o que são temperamentos clique aqui e para fazer o teste e descobrir o seu temperamento clique aqui.

A questão é, respeite a sua natureza. Pessoas com o temperamento fleumático são naturalmente mais calmas e frias e pessoas sangüíneas são mais emotivas e explosivas. Já os coléricos e melancólicos se encontram no meio termo.

Se você é uma pessoa sanguínea e quer lidar melhor com a pressão, você com certeza conseguirá desenvolver melhor a frieza e isso trará benefícios para a sua vida. Agora, dificilmente você será tão bom nisso quanto os fleumáticos. E tudo bem porque a natureza emocional do sanguíneo o faz uma pessoa mais expontânea, carismática, divertida e carinhosa que um fleumático. Melhorar é sempre bom, apenas lembre de respeitar a sua essência e valorizar suas qualidades.


Gostou? Deixe um comentário abaixo! Sua opinião é muito importante para nós e possibilita a edição de assuntos voltados cada vez mais para os seus interesses.

Comentários (3)

  1. Muito bom, mas creio que somente ficou faltando uma dica ou um atalho com orientações para relaxar os músculos e mantenha a cabeça ereta.

* Pergunta anti-Spam,

O seu email não será publicado. Campos com * são obrigatórios ;)

single.php

Mensagens do Bem

Que tal se inscrever na nossa news e receber mensagens transformadoras em primeira mão, no seu email?

© 2019 Refletir para Refletir.Todos os direitos reservados.