imagem-capa.php

4 formas de se defender de pessoas Más sem perder a classe

É triste mas é verdade: as pessoas más existem. Elas prejudicam os outros em nome de seus interesses egoístas e podem até sentir satisfação com a miséria ...

É triste mas é verdade: as pessoas más existem. Elas prejudicam os outros em nome de seus interesses egoístas e podem até sentir satisfação com a miséria alheia.

Não podemos mudar a realidade mas, é possível se proteger e evitar que esta negatividade afete profundamente o seu humor e prejudique a sua vida.

Mas lembre-se, antes de classificar alguém como “mau” certifique-se de não estar se deixando levar pela raiva ou mágoa: às vezes, alguém faz algo ruim e fica parecendo “do mal” aos nossos olhos, quando na verdade é apenas uma pessoa rude (veja como lidar com pessoas rudes clicando aqui) ou a situação foi uma sucessão de mal entendidos. Pessoas más possuem um conjunto de ações nefastas e más intenções, então, avalie com inteligência.

Se você tem certeza de que esta pessoa em questão não vale o prato que come, espia essas dicas:

1) Não se preocupe em mudar a opinião dela(e)

A pior coisa que você pode fazer é perder tempo tentando mudar a opinião de alguém de má índole. Afinal, a pessoa não está preocupada com a realidade, apenas com seus próprios interesses.

Tentar mudar a visão desta pessoa irá te deixar refém da opinião dela, investindo energia ao “se provar” inteligente ou bom o suficiente para receber aprovação.

Evite esquentar a cabeça se preocupando com o que a pessoa pensa ou deixa de pensar, isso é problema dela e pouco importa para você.

2) Fale apenas o necessário

Todo mundo já deve ter sentido vontade de dizer umas verdades para alguém do mal, mostrando ser  mais esperto do que a pessoa ruim imagina. Mas vamos pensar do ponto de vista prático: qual a real vantagem de fazer isso?

Eu trago verdades (ou, como diz o pessoal aqui da internet, trago verduras): Falar no calor da emoção para alguém mal intencionado é dar munição para a pessoa. Quem é do mal não vai ligar a mínima para como você se sente, apenas irá usar e distorcer o que você disse para se fazer de vítima na frente de outras pessoas. Você, sem querer, esta alimentando intrigas a seu próprio respeito.

Minha sugestão é: fale só o necessário e deixe a sua sinceridade apenas para quem a merece.

3) Mostre a real intenção da pessoa

Pessoas más espalham muita intriga, distorcendo eventos para manipular os outros. Então, quando alguém de más intenções insinuar maldades ao seu respeito não entre em desespero e agrida verbalmente a pessoa, pode ser tudo o que ela está esperando para validar, aos olhos dos outros, o que ela fala nas suas costas.  Ela poderá se fazer de vítima e jogar boas pessoas contra você.

Quando você sentir que alguém do mal está distorcendo uma situação na frente de outras pessoas, desnude as más intenções fazendo perguntas como “o que você quer dizer com isso?” ou “Não entendi a intenção do seu comentário, pode explicar melhor?”.

É muito mais inteligente tomar o controle da situação, obrigando a pessoa se explicar, do que assumir uma dessas 2 posturas:

a) De descontrole: proferindo insultos desnecessários e agindo com agressividade excessiva.
b) De submissão: proferindo mil justificativas e agindo com passividade.

4) Olhe nos olhos

Esta é uma dica já mencionada em outros artigos mas ela é tão importante que vale a pena lembrar: Quando você estiver lidando com alguém de más intenções é importante transmitir segurança, ocultando qualquer demonstração de medo.

O medo fará o mal intencionado acreditar que tem mais poder do que realmente tem, então, vai passar dos “limites” impostos sem receios. Desviar o olhar a todo minuto é um sinal de insegurança.

Basta lembrar: você já viu as encaradas dos lutadores no UFC? Além das caretas, olhar nos olhos demonstra autoconfiança e ausência de medo.

É claro, se você encarar uma pessoa como os lutadores de UFC parecerá, no mínimo, um maluco. O exemplo é apenas para ilustrar o poder do “olho no olho” nas relações humanas.

Também é natural desviar o olhar em uma conversa para lembrar de um fato, pensar ou piscar. A intenção não é deixar o interlocutor desconfortável: O ideal é manter o olhar o mais natural possível.


Gostou? Deixe um comentário abaixo! Sua opinião é muito importante para nós e possibilita a edição de assuntos voltados cada vez mais para os seus interesses.

single.php
COMENTÁRIOS

O seu email não será publicado. Campos com * são obrigatórios ;)

* Pergunta anti-Spam,

single.php

Mensagens do Bem

Aqui tem!! Que tal se inscrever na nossa news e receber mensagens transformadoras em primeira mão, no seu email?

  • Sigam-me os bons!