Diversão

Em conversa de Whatsapp Mulher rejeita vira-lata em adoção e conversa viraliza

Magno Grilenzoni, de São Paulo, é o protetor de animais que compartilhou no facebook uma conversa de whatsapp com a possível adotante, identificada com Cláudia. Cláudia gostaria de adotar um cachorro mas alertou que, por “questões estéticas”, só aceitaria animais de raça.

Magno respondeu com muito bom humor, espia:

imagem da publicacao

O post viralizou e teve mais de 8 000 curtidas e 28 000 compartilhamentos.

Infelizmente este não é um fato isolado: quem não lembra do caso de Luisa Mell? Luisa organizou uma feira de adoção e o pessoal achou que encontraria cachorros com pedigree, aqueles resgatados por ela de um criador em Osasco. Teve até fila na porta. Quando percebeu que só havia vira-latas, a turma foi embora.

É sempre bom lembrar que as ONGs possuem o objetivo de ajudar animais em situações precárias e a idéia destas iniciativas é o bem estar do bichinho, e não criar facilidades para o ser humano. A maioria dos cães e gatos resgatados não possuem raça definida. Quem ajuda os animais não faz este tipo de distinção.

Fica a reflexão: será que buscar status social por meio do cachorro é algo importante? Todos os animais, com ou sem pedigree, são ótimos amigos e sempre aprendi que isso deveria ser o mais importante.

Fonte: Veja SP


Gostou? Deixe um comentário abaixo! Sua opinião é muito importante para nós e possibilita a edição de assuntos voltados cada vez mais para os seus interesses.

Comentários (2)

  1. Luiza Mell doa os animais de raça somente para amogos, artistas e outros que ela julga importantes do meio dela. Nem sei pq vcs bajulam tanto essa falsa.

    1. Pois é, Raquel. Bom seria que todas as "falsas" ajudassem os animais como ela ajuda. Se você não gosta dela, problema seu. Importante é que os animais adoram essa "falsa " e curtem ela de paixão, o foco são eles, sacou querida?

* Pergunta anti-Spam,

O seu email não será publicado. Campos com * são obrigatórios ;)

single.php

Mensagens do Bem

Que tal se inscrever na nossa news e receber mensagens transformadoras em primeira mão, no seu email?

© 2019 Refletir para Refletir.Todos os direitos reservados.